Para você

Para você

Energia solar em sua casa ou apartamento: aqui dá!
Uma casa de dois andares, com uma placa de energia solar instalada no telhado.

O que é energia solar residencial?

É a instalação de placas solares e sistemas de captação de energia fotovoltaica - que absorvem a luz do sol - e podem substituir ou complementar a geração de energia elétrica da residência reduzindo bastante o valor da conta de luz.

A principal diferença entre esse tipo de aplicação e as que são implementadas no comércio ou na indústria, está na potência da geração de energia. Esses estabelecimentos frequentemente precisam de mais potência energética do que as casas e, por isso, possuem um sistema capaz de captar e armazenar mais energia solar.

Tipos de energia solar

A instalação de sistemas de energia fotovoltaica em residências pode representar uma considerável economia nas tarifas de energia elétrica.

A adesão a esse tipo de geração de energia é relativamente fácil e descomplicada, mas entender melhor quais são as opções disponíveis pode ajudar muito na escolha pelo melhor sistema para cada propriedade.

Existem 3 principais sistemas residenciais de geração de energia fotovoltaica: on-grid, off-grid e sistemas híbridos.

On-grid: é o mais popular e têm conexão direta com a rede elétrica. Dessa maneira, qualquer excedente de energia é enviado à distribuidora e o proprietário do imóvel ganha um desconto em sua conta. Além disso, se a geração de energia não for suficiente para suprir as necessidades da residência, a rede elétrica fornece o restante.

Off-grid: é um sistema autônomo, sem ligação com a rede elétrica. Muito usado em locais mais remotos, sem a cobertura do sistema de energia elétrica. A energia excedente gerada pelas placas fotovoltaicas pode ser armazenada em baterias, a fim de garantir a alimentação mesmo em dias chuvosos, nublados ou durante a noite.

Sistema híbrido: é ligado à rede elétrica, mas consegue armazenar a produção excedente em baterias, agregando características dos sistemas on-grid e off-grid. Esse sistema oferece mais independência para o usuário e é capaz de fornecer energia mesmo durante a noite. Além disso, a redução no valor da conta de luz é ainda mais significativa, pois a rede elétrica é usada menos vezes.

Como funciona a energia solar para casas

São instalados painéis solares no telhado da casa que geram energia elétrica quando há presença de luz do sol. Essa energia é levada ao inversor solar que altera a corrente elétrica - de contínua para alternada - para ficar compatível com a corrente da residência e pronta para ser usada em eletrodomésticos ou qualquer outro equipamento.

Se a placa solar gerar mais energia do que você consome em sua casa, o excedente vai para a rede da distribuidora e gera um crédito de energia para você.

Para mais detalhes, acesse a página Como funciona a energia solar fotovoltaica.

Algumas das vantagens:

  • Reduz sua conta de luz em até 90%

  • Valoriza sua casa

  • É sustentável

  • Não faz barulho

  • A instalação é rápida

Onde instalar energia solar em apartamento?

Uma das melhores opções para essa instalação é a cobertura ou laje do prédio, pois são áreas que recebem boa irradiação solar. Também é possível instalar em outros locais dos edifícios, como nas fachadas, por exemplo.

Quando não dá para instalar no próprio prédio, uma alternativa é posicioná-los em algum lugar da área comum do condomínio.

Quais são as alternativas para a instalação individual da energia solar em apartamento?

As demandas individuais na instalação de energia solar em apartamento podem ser atendidas por meio de algumas soluções:

Varanda

Com o uso de um sistema de fixação do tipo usina, de forma triangular, você pode instalar as placas solares no espaço livre da sua varanda. O melhor cenário é que a varanda fique sempre sem sombras. No entanto, mesmo com os momentos de sombreamento, o sistema produz energia elétrica por meio da irradiação solar, mas por um período menor em um dia.

Cobertura

As coberturas são ideais por serem áreas maiores e com altos níveis de captação de irradiação. Esse tipo de instalação permite que a energia solar produzida seja consumida de modo compartilhado entre outros apartamentos ou apenas pela própria cobertura.

Quintal

Em alguns condomínios há edifícios com apartamentos térreos. Eles também são ótimos lugares para instalar o sistema fotovoltaico. Mas é necessário estar atento ao nível de sombreamento do local, pois as sombras de outras construções ou árvores podem deixar a capacidade de geração de energia mais baixa.

Um edifício com painéis solares em sua lateral.

Como a energia produzida pode ser creditada?

Conforme a Resolução Normativa 687, elaborada pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), existem diretrizes que determinam como funciona o crédito de energia, seja individual ou coletivo.

Autoconsumo remoto

O consumidor pode instalar o seu sistema solar em um local diferente dos pontos de consumo desde que seja do mesmo setor de concessão e CPF.

Geração compartilhada

A compensação dos créditos de energia solar pode ser feita em apartamentos de outros moradores, desde que o vínculo entre as partes seja comprovado.

Geração em condomínio

Em muitos condomínios, o telhado ou a laje são pequenos. Nesses casos, a produção de energia solar pode ser dividida entre os apartamentos. Caso a energia seja gerada dentro do condomínio, o abatimento de créditos acontece na conta de cada unidade consumidora.

Com a popularização dessa alternativa de energia para apartamentos, foram criadas opções para financiar energia solar para condomínios.

O financiamento é personalizado conforme o projeto e a renda mensal do cliente. Para isso, são feitas uma análise de crédito e a avaliação da documentação do bem.

Transforme seu projeto em realidade

O processo é simples, 100% digital e sem burocracia! Saiba como contratar em 4 passos:

Simulação do financiamento

Faça a simulação do seu financiamento de energia solar e informe os dados necessários para nossa análise.

Análise de crédito

Vamos analisar o seu crédito. Com a proposta aprovada, enviaremos o seu contrato.

Assinatura do contrato

Acompanhamos a assinatura do contrato, que é feita de forma digital, para o nosso parceiro iniciar o projeto.

Receba suas placas solares

Tudo certo! Agora é só aguardar a entrega e instalação do seu sistema de energia solar pelo parceiro que você escolheu.
O Financiamento para Energia Solar BV pode ser contratado por qualquer pessoa maior de 18 anos que possua crédito aprovado e deseje financiar um projeto de painéis solares para o seu imóvel.

Pessoa física

Valor mínimo do financiamento: De R$ 5 mil a R$ 500 mil

Prazo de pagamento: 12 a 84 meses

Renda necessária: Até 30% da renda bruta mensal, considerando composição com cônjuge

Pessoa jurídica

Valor mínimo do financiamento: De R$ 5 mil a R$ 3 milhões

Prazo de pagamento: 12 a 84 meses

Valor mínimo do financiamento
Prazo de pagamento
Renda necessária
Pessoa física
De R$ 5 mil a R$ 500 mil
12 a 84 meses
 
Até 30% da renda bruta mensal, considerando composição com cônjuge
 
Pessoa jurídica
De R$ 5 mil a R$ 3 milhões
12 a 84 meses
Sujeito a análise. O BV não se responsabiliza por prazo de entrega, qualidade, adequação, quantidade, vícios, instalação e/ou troca da placa solar, sendo de inteira responsabilidade do instalador/fornecedor escolhido por você. Use o crédito de forma consciente, antes de contratá-lo consulte os valores que compõe o Custo Efetivo Total (CET), como juros, tributos, tarifas, outras despesas financiadas e se o valor das parcelas cabe no seu bolso. Exemplo meramente ilustrativo (não configura oferta): valor do empréstimo de R$ 28.494,60 + taxa de cadastro de R$ 330,00 (quando aplicável) + IOF de R$ 953,33 = valor total de R$ 29.777,93. Total de 48 parcelas de R$ 866,76. Taxa de juros de 1,38% ao mês e 17,81% ao ano. CET da operação de 20,86% ao ano. As taxas reais serão apresentadas em tempo de proposta. Os seguros são opcionais. Nós nunca pedimos qualquer tipo de depósito ou dinheiro adiantado para liberação de crédito.