Quanto gera um painel solar e o que isso representa no seu consumo?

Para saber quanto gera um painel solar, é importante considerar sua potência, incidência solar da região e outros fatores. Saiba mais neste post!

Categoria: Financiamento para Energia Solar

Saber quanto gera um painel solar é imprescindível para quem tem interesse em contar com energia renovável em sua casa ou empresa. Afinal de contas, a produção de uma placa fotovoltaica está intimamente ligada à sua economia financeira.

No entanto, existem muitos fatores diferentes que influenciam a produção de um painel solar. Para entender como calcular a sua capacidade produtiva, é essencial compreender como ele funciona e como o seu contexto impacta a geração de energia. Quer aprender tudo isso? Então, siga a leitura abaixo!

Como o painel solar funciona?

Em primeiro lugar, devemos compreender como funciona a energia solar para entender todos os custos e detalhes que envolvem o uso dessa tecnologia.

Um painel solar é uma peça de tamanho variado composta por um conjunto de células fotovoltaicas. Estas, por sua vez, são construídas de materiais semicondutores, que têm a capacidade de absorver a luz do Sol. Quando os fótons da luz solar colidem com o material semicondutor das células fotovoltaicas, ocorre um deslocamento de elétrons dentro delas e isso gera energia.

No entanto, ela ainda não está pronta para ser usada em nossas casas, pois é de corrente contínua (CC). O tipo de eletricidade usada nos eletrodomésticos e máquinas atualmente é de corrente alternada (CA).

Portanto, a eletricidade produzida pelo painel solar é direcionada para um inversor solar, um equipamento que tem a função de converter a energia em CC para CA. Só então a eletricidade é enviada para o sistema de distribuição e será consumida.

Quanto gera um painel solar?

Uma das preocupações de quem pesquisa por painéis fotovoltaicos é entender qual é o retorno do investimento em energia solar. Afinal, é fato que há a necessidade de um investimento relativamente alto na instalação dessa tecnologia. Portanto, faz sentido querer saber quais os ganhos obtidos com a mudança.

Responder quanto gera um painel solar não é simples, pois existem muitos fatores que influenciam essa questão. Em primeiro lugar, devemos considerar a potência da placa fotovoltaica, claro. Afinal, quanto mais potente, mais energia é produzida.

Em segundo, é vital levar em consideração a região geográfica onde o sistema está instalado. Afinal, a incidência de luz solar influencia muito a capacidade produtiva das placas. Por fim, devemos também pensar na perda energética do sistema. Aqueles que usam baterias (chamados de sistema off-grid) têm uma perda média de 35% da energia gerada, enquanto os on-grid perdem somente 20%.

Portanto, para saber quanto gera um painel solar, deve-se usar uma fórmula específica que considere todos esses fatores (potência do equipamento, incidência de sol e perda energética). A fórmula é a seguinte:

-Energia = Potência * tempo de incidência solar * rendimento.

Por exemplo, suponha que você more no norte de São Paulo, uma região com média de 7 horas de insolação diária aproveitável por dia (de acordo com o Atlas Solarimétrico do Brasil). Uma placa com potência de 265 W em um sistema on-grid geraria:

-Energia = 265 * 7 * (1 - 0,20);

-Energia = 1.484 kWh/dia.

Nesse caso, considerando o período de 30 dias, a placa produziria 44,52 kWh.

Quanto isso representa no consumo diário ou mensal das pessoas?

Saber quanto gera um painel solar é muito interessante, mas não tem muita utilidade sem contextualizar essa informação. Afinal de contas, quanto é 44,52 kWh? Isso é muito ou pouco? É o suficiente para a sua casa ou não?

Para saber a resposta, é necessário considerar qual é o seu consumo diário ou mensal. Com base nisso, vamos comparar as informações e constatar quantos painéis solares são necessários para suprir toda a energia que você consome regularmente.

Essa tarefa é muito simples de ser feita. Basta pegar a sua conta de luz mais recente e ver quantos kWh foram consumidos. O melhor, no entanto, é fazer uma média do seu consumo anual (a conta deve ter os dados dos últimos 12 meses).

Um estudo da UFSC constatou que o a média de consumo no Brasil é de 152,2 kWh/mês. Esse valor varia bastante de uma região para outra: no Sul, a média é de 273 kWh/mês, enquanto no Norte é de 96,5 kWh/mês.

Considerando uma média de 6 horas de Sol pleno, um painel on-grid de 265 W de potência geraria mais ou menos 38,16 kWh/mês. Para uma casa que esteja na média de consumo nacional (152,2 kWh/mês), isso equivale a 25% de toda a energia necessária para a residência. Portanto, seriam necessários 4 painéis desse para produzir 100% do consumo do imóvel.

Para calcular quantos painéis seriam necessários em sua casa, basta considerar seu consumo médio, quantas horas de Sol pleno há na sua região e qual a potência (e perda energética) das placas que pretende instalar.

Quais os exemplos de aparelhos que consomem esse mesmo valor de energia?

Para contextualizar melhor quanto gera um painel solar, vamos comparar a sua produção com o consumo elétrico de alguns aparelhos residenciais, como o ar-condicionado, o chuveiro ou uma lâmpada de LED. Veja abaixo o consumo médio de alguns equipamentos que você provavelmente tem em casa:

-ar-condicionado: 1,20 kWh;

-chuveiro: 0,08 kWh;

-ferro elétrico: 1 kWh;

-micro-ondas: 1,40 kWh;

-Lâmpada de LED: 0,01 kWh;

-notebook simples: 0,09 kWh;

-geladeira: 50 kWh/mês;

-TV: 0,12 kWh.

O painel solar que usamos no exemplo anterior (capaz de produzir 38,16 kWh/mês) gera cerca de 1,272 kWh/dia. Portanto, ele daria conta de:

-1 hora de uso do ar-condicionado;

-14 horas de uso do computador;

-10,6 horas de uso da TV.

Vale a pena ter um painel solar?

Quando queremos saber quanto gera um painel solar, no fundo queremos descobrir se vale a pena instalar um sistema de placas fotovoltaicas em nossa casa ou empresa. E a resposta sim, essa tecnologia compensa muito.

Para chegar a essa conclusão, basta considerar que um sistema de energia solar limpa dá conta de 100% do seu consumo energético. Isso não reduzirá sua conta a zero, já que você terá de pagar a taxa mínima, mas gerará uma economia considerável.

Normalmente, aponta-se a um período de 5 anos para o retorno do investimento feito na instalação da energia solar. Considerando que um sistema fotovoltaico tem vida útil de 25 anos, são duas décadas de “lucro” que compensam a sua instalação.

Agora que você já viu quanto gera um painel solar, use essas informações para prever qual será o investimento necessário para a sua demanda. No entanto, o ideal é contar com apoio de uma empresa especializada para criar um projeto de energia solar residencial adequado para o seu contexto e necessidades.

Quer saber como? Acesse nosso simulador e veja a oportunidade de financiamento.

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.