Saiba o que é capacidade produtiva e como analisá-la!

A capacidade produtiva é uma métrica indispensável para fazer otimizações internas na empresa. Entenda como analisá-la.

Categoria: Parceiro Consignado

Categoria: Parceiro Consignado

Analisar a capacidade produtiva é uma tarefa de grande importância, pois ajuda a elaborar o planejamento estratégico empresarial. Além disso, por meio dos dados levantados nesse estudo, fica mais fácil otimizar a produção de acordo com as demandas do mercado.

Uma baixa capacidade produtiva relacionada às necessidades de colaboradores e clientes, por exemplo, aponta a urgência em providenciar melhorias internas. No entanto, se a procura por produtos e serviços é menor que produção, isso indica a necessidade da fazer investimentos na captação de novos consumidores.

A seguir, entenda o conceito de capacidade produtiva e como analisá-la com eficiência na sua empresa.

O que é capacidade de produção?

Em geral, todo empreendimento tem sua capacidade de produção: indústrias, setores, departamentos (RH, administrativo, comercial, logística e financeiro), instituições de ensino, restaurantes e hotéis. Mesmo que não haja uma mercadoria sendo produzida, existe um serviço prestado.

Logo, o rendimento da produtividade está diretamente ligado ao volume máximo de bens e serviços que um fluxo operacional pode entregar. O nível produtivo está ligado aos recursos que a empresa tem para executar as atividades de rotina. É um conjunto de fatores e condições que inclui pessoas, estruturas, instalações, ferramentas e soluções tecnológicas.

Por que planejar a capacidade produtiva?

Com a análise da capacidade produtiva, a companhia faz um planejamento financeiro mais estratégico, garantindo que terá recursos suficientes para realizar atividades e oferecer produtos/serviços de qualidade. Assim, é possível aumentar as vendas e gerenciar o estoque de forma competitiva.

A previsibilidade também permite detectar quais períodos sazonais aponta a necessidade de adquirir mais insumos ou providenciar ações antecipadas, evitando atrasos e problemas operacionais. É o caso de empresas que atendem a demandas de final de ano, como Natal e Black Friday.

Como analisar a capacidade da empresa?

Existem diversas formas de avaliar a capacidade produtiva. Para descobrir quanto seu negócio precisa produzir, alguns fatores devem ser considerados. Confira os tipos e etapas de cálculos aplicados no ramo empresarial.

Capacidade instalada

A capacidade instalada corresponde ao cálculo de quanto seu empreendimento conseguiria fabricar em determinado período. Suponhamos que a indústria produza 150 produtos por hora, em um dia (24 horas) a produção atingiria 3.600 itens produzidos. Ou seja, basta multiplicar 150 por 24.

Esse cálculo informa a capacidade total de fabricação, sem considerar as situações de falha, perda, atraso e jornada laboral, por exemplo.

Capacidade disponível

Nessa etapa, você terá de calcular quanto é produzido dentro da capacidade disponível. Para isso, é preciso levantar as horas trabalhadas e os recursos materiais e humanos necessários para a execução do trabalho.

Portanto, se sua indústria funciona 14 horas por dia, a condição do cálculo anterior deve ser incluída em cima do número de horas de trabalho.

150 produtos produzidos por hora x 14h = 2.100

Capacidade efetiva

A fórmula da capacidade efetiva necessita de fatores que ocorrem durante o desenvolvimento das mercadorias ou serviços, como:

-investimentos operacionais;

-manutenções preventivas;

-necessidade de limpeza do ambiente e dos equipamentos;

-troca de turnos.

Considerando o resultado do item anterior, cujo resultado foi 2.100, suponhamos que há uma previsão diária de perdas que corresponde a 4% da capacidade disponível.

2.100 produtos por dia x 4% de perda = 2.016

Esses fatores condicionais afetam diretamente na produtividade, por isso é necessário levantá-los e incluí-los no seu cálculo. Assim, você evita erros de projeção produtiva e prejuízos posteriores.

Capacidade realizada

Após fazer as contas acima, chegou a hora de compilar e analisar os resultados efetivos. Para isso, é preciso considerar mais alguns gargalos produtivos, como:

-quebra de máquinas ou equipamentos;

-falta de energia;

-falta de pessoal;

-falha de sistema;

-problemas de qualidade.

Supondo que essas situações ocorram em torno de 6% ao dia, a produção terá como resultado de capacidade diária 1.895 produtos por dia, considerando o fator obtido no tópico anterior.

2.016 produtos por dia x 6% gargalos produtivos = 1.895

Como otimizar a capacidade produtiva da empresa?

Para aprimorar a produção da empresa, é preciso remover os empecilhos que prejudicam as operações de rotina. Confira as recomendações a seguir.

Defina o fluxo de trabalho

A definição do fluxo laboral deve ser feita com o auxílio do mapeamento de processos. Assim, fica mais fácil analisar o ciclo produtivo e acompanhar as particularidades de cada procedimento. Existem diversas maneiras de fazer esse registro visual, mas a mais prática é o fluxograma, pois usa diagramas de fácil entendimento.

A intenção é elaborar um fluxo de trabalho mais ágil e intuitivo. Com etapas mais simplificadas e integrações mais harmônicas entre setores, haverá a redução de custos e a eliminação de erros e atrasos.

Invista em ferramentas eletrônicas de gerenciamento

É necessário investir em ferramentas tecnológicas para agilizar cada fase do fluxo de produção. Dessa forma, atividades que são frequentes e repetitivas podem ser executadas por meio da inteligência artificial presente em softwares de automação.

E existe uma variedade enorme de sistemas que descomplicam a rotina das empresas, como sistemas ERP, CRM, WMS, conta digital, entre outros. Eles têm a capacidade de aprimorar a gestão da empresa por meio do atendimento de demandas, como controle de estoque, gestão financeira, gerenciamento fabril, relacionamento com o público, abordagem comercial e muito mais. Tudo isso faz parte das estratégias de corporate innovation.

Capacite sua equipe

Não basta ter um catálogo invejável de aparatos tecnológicos para os seus talentos se eles não souberem utilizá-los com eficiência. Ainda que sejam profissionais formados, é necessário capacitá-los com frequência para garantir a execução efetiva dos processos. Para isso, invista em treinamentos (a cada nova implementação), promova palestras e incentive a participação em workshops.

Melhore o ambiente de trabalho

Um clima organizacional agradável gera satisfação nos colaboradores, gerando coletividade e engajamento produtivo. Ambientes com divisórias que limitam o funcionário a um local restrito e sem interação devem ser substituídos por locais de livre circulação e interação. Por fim, é preciso oferecer benefícios flexíveis e plano de carreira para reter talentos e elevar o nível de contentamento do seu capital humano.

Cuide da comunicação interna

Também é importante que todo o time tenha uma boa comunicação interna, especialmente entre os gestores e os liderados. Alguns recursos são bastante úteis para garantir o fluxo de informações, como e-mail matinal, intranet, mural de recado e mídia social corporativa.

Assim, ruídos são eliminados durante as produções, pois dados, gráficos e novidades são compartilhados para todos os colaboradores de forma unificada.

Limite o número de e-mails e reuniões

Embora e-mails e reuniões sejam essenciais para alinhar o fluxo produtivo e eliminar erros, é preciso equilibrar o número de mensagens e agrupamentos. O objetivo é não comprometer o desempenho da equipe. Ou seja, alguns conhecimentos e registros não vão interessar a todos os integrantes ou a todos os departamentos.

Analisar a capacidade produtiva da empresa a fim de potencializá-la é a melhor forma de elevar a performance e a competitividade do negócio. Para isso, é preciso fazer cálculos precisos e avaliar o fluxo laboral de ponta a ponta para montar uma estratégia operacional eficiente.

Quer ficar por dentro das novidades do banco BV? Então siga as nossas redes sociais. Estamos nas plataformas mais populares do momento: Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter, YouTube e Spotify.

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.