Empréstimo pessoal online: tudo o que você precisa saber antes de solicitar o seu

Um empréstimo pessoal online é uma maneira rápida e prática de conseguir o dinheiro que você precisa para realizar seus sonhos. Leia o nosso guia abaixo para aprender tudo sobre esse tipo de crédito!

Categoria: Crédito

Categoria: Crédito

Você já pensou em ter um dinheiro na mão para poder realizar seus sonhos? Então precisa saber como usar o empréstimo pessoal online.

Com ele, você pode conseguir o dinheiro que precisa com facilidade e rapidez, sem muitos documentos e com juros menores que os da maioria das linhas de crédito.

Parece ótimo, não é mesmo? Por isso, nós preparamos um super-guia completíssimo para que você saiba como usar o empréstimo pessoal online da melhor forma.

Por isso, você encontrará neste texto tudo que precisa saber sobre o assunto. Então, guarde-o nos seus favoritos para consultar quando precisar e siga a leitura!

O que é o empréstimo pessoal online?

O empréstimo pessoal é um tipo de crédito que você consegue para usar para o que precisar. Nesse ponto, ele é diferente do financiamento imobiliário ou automotivo, que só pode ser usado para um fim específico.

Inclusive, é possível que você, provavelmente, já tenha pedido um empréstimo pessoal em algum banco antes ou conheça alguém que já passou pela situação.

É possível pedir um empréstimo pessoal online. Em vez de ir à agência conversar com o gerente, você faz tudo pela Internet.

Assim, fica muito mais fácil e rápido conseguir o dinheiro que você precisa sem precisar justificar por que você precisa dele.

Com o dinheiro na mão, você pode utilizá-lo para qualquer coisa, como pagar por um intercâmbio, organizar a vida financeira e até mesmo pagar por aquela viagem dos sonhos.

Quais são os benefícios de fazer um?

Você já entendeu o que é um empréstimo pessoal online: é um dinheiro que você pega emprestado com o banco sem sair de casa. Fácil e simples.

No entanto, quais são as vantagens de fazer um empréstimo desses? Não é mais confiável só ir ao banco e conversar com o gerente ou um atendente por lá?

Na verdade, o processo é completamente seguro e conta com várias vantagens bem interessantes. Veja quais a seguir!

1. Agilidade no processo

Uma das vantagens do empréstimo pessoal online é que se trata de um processo muito mais rápido do que o crédito pedido na agência.

Isso acontece porque a análise de crédito pode ser feita muito mais rapidamente. Não é preciso ir à agência, ser atendido, fazer a proposta de empréstimo, aguardar a análise, depois voltar para entregar documentos e por aí vai.

No processo online, você já faz a solicitação e envia os documentos de uma vez. A análise é feita mais rapidamente e respondida em pouco tempo. Você topa (ou não), assina o contrato e pronto.

2. Menos processos

Outra vantagem do empréstimo pessoal online é que ele exige menos processos. Você precisa de menos documentos, menos papéis, menos idas ao banco e menos problemas no geral.

Além de reduzir o tempo que leva para o empréstimo ser aprovado, menos processos também significa menos estresse para você.

Assim, todo o processo é mais tranquilo e você não precisa passar nervoso na fila do banco sem saber como será atendido e se esqueceu ou não algum documento.

3. Praticidade e comodidade

Poder pedir dinheiro emprestado pela Internet é muito mais prático, especialmente se você trabalha em horário comercial e ainda faz alguma atividade para ganhar uma renda extra, como dirigir para um aplicativo de motoristas.

É verdade que nossa vida está cada dia mais corrida. Ao mesmo tempo, as filas no banco estão, a cada dia, maiores.

Não dá para ficar lá no horário do almoço, perder aquela uma hora e voltar a trabalhar com fome e sem ter sido atendido.

Pela Internet, é possível solicitar o empréstimo pessoal online a qualquer momento. Você pode fazer assim que acabar de ler este artigo, por exemplo, mesmo que esteja fora do horário comercial.

Isso sem precisar sair de casa, pegar fila ou trânsito. Tudo no conforto do seu lar, sentado no sofá.

Como funciona o empréstimo pessoal online?

Agora que você já entendeu o que é o empréstimo pessoal online e porque ele é vantajoso para a sua vida financeira, é hora de aprender como ele funciona.

Afinal, quanto mais informações você tiver sobre o procedimento, menores as chances de cometer erros ao pedir empréstimo e mais fácil fica aproveitar dos seus benefícios.

Para solicitar e obter o seu empréstimo pessoal online, são necessários apenas 4 passos. Veja a seguir quais são!

Solicitação de crédito

O primeiro passo para obter o seu empréstimo pessoal online é solicitar o valor. Para isso, vá até o site da financeira e insira o montante que você deseja.

Com base no valor solicitado e em algumas informações básicas, nós ajudaremos você a escolher as melhores condições para o empréstimo, incluindo o valor das parcelas fixas, qual o melhor prazo e a taxa de juros.

Análise financeira

O segundo passo para conseguir o empréstimo pessoal online é a análise financeira. Esse procedimento é feito com base nas informações oferecidas, seus documentos e no valor pedido.

Para você, a única coisa que resta fazer é esperar a resposta da análise para saber se o crédito foi aprovado ou não.

Existem algumas ações que você pode fazer para melhorar as suas chances de aprovação, mas falaremos sobre elas mais para frente no artigo, certo?

Assinatura do contrato

O terceiro passo do empréstimo pessoal online é assinar o contrato de crédito após a solicitação ter sido aprovada. Assim que o documento é assinado, o valor é liberado à vista na sua conta.

A partir daí, você pode usá-lo como preferir, sem precisar justificar o valor de qualquer maneira.

Pagamento das parcelas

O último passo do empréstimo pessoal é o pagamento das parcelas. O processo é mais fácil nesse lado também, pois oferece parcelas fixas para que você possa organizar a sua vida mais facilmente. 

Ou seja: você sabe sempre quanto vai pagar, sem surpresas ou parcelas mais caras nos últimos meses.

Além disso, com o empréstimo pessoal online você escolhe como vai pagar. É possível selecionar entre cheques, carnê ou débito automático nos bancos conveniados.

O débito automático pode ser a melhor opção, pois, assim, você evita atrasar a parcela do empréstimo e não sofre as consequências disso.

Para completar, o empréstimo máximo de R$20.000,00 pode ser pago em até 24 vezes e de 15 a 45 dias para pagar a primeira parcela.

Quais são os documentos necessários?

Agora que você já entendeu como funciona o empréstimo pessoal online, provavelmente quer solicitar o crédito para você, certo?

Ótimo! É bom que você possa tomar essa decisão de maneira consciente e que use o dinheiro para alcançar seus sonhos e objetivos.

O próximo passo nessa tarefa é entender quais são os documentos que você precisará para pedir o empréstimo. Assim, você já pode providenciar tudo e não perder tempo.

Para a análise de crédito, você precisará dos seguintes documentos:

  • RG, CPF ou CNH;
  • Comprovante de residência;
  • Comprovante de renda.

Como comprovante de renda, você pode usar:

  • holerite;
  • carteira de trabalho assinada (caso seja CLT);
  • declaração de Imposto de Renda.

Já para a comprovação de residência, pode ser uma conta de luz, água ou telefone. Se você morar de aluguel, o contrato de locação também pode ser usado.

Esses são os documentos necessários para pedir o empréstimo e passar pela análise de crédito. Depois, você ainda precisará de outros documentos dependendo de como vai quitar as parcelas.

Se você for pagar por débito automático em conta, precisará apresentar uma conta-corrente com no mínimo 1 ano (para assalariados) ou 2 anos (para autônomos).

Para comprovar a idade da sua conta, você pode usar:

  • dois extratos bancários (um antigo e um recente);
  • folhas de cheque;
  • cartão do banco e 2 comprovantes de rendimentos (um antigo e um recente).

Já para pagar o empréstimo via cheques, você só precisará levar a quantidade de folhas de cheque para o contrato inteiro. Por exemplo, se você fechar o empréstimo para pagar em 7 meses, precisará de 7 folhas de cheque.

O que é avaliado para conceder o empréstimo?

E aí, já arrumou todos os documentos necessários para pedir o empréstimo pessoal online? Que ótimo!

Agora, só falta solicitar o valor e passar pela análise de crédito. Mas, falando nisso… você sabe o que é avaliado nesse estágio?

É importante entender como uma análise de crédito funciona para aumentar as suas chances de aprovação. Sim, algumas pessoas têm o empréstimo rejeitado pelo banco, é comum.

Nós vamos ensinar algumas coisas que você pode fazer para melhorar suas chances de aprovação, mas veremos como a análise de crédito funciona antes.

O que é a análise de crédito?

A avaliação de crédito é um processo que avalia se você tem as condições para pagar o valor pedido na sua solicitação.

Esse processo é necessário porque a financeira assume um risco ao emprestar dinheiro para qualquer pessoa. Afinal, há sempre a possibilidade da pessoa não pagar, seja por má-fé, seja porque perdeu o emprego e ficou sem recursos.

O que o processo de análise de crédito faz é tentar entender quais as chances disso acontecer. Portanto, o banco vai checar todas as informações possíveis para ver quais são as chances de você ficar inadimplente.

Dependendo da análise de crédito do banco, eles determinarão um limite máximo que podem emprestar para você, uma taxa de juros específica e a quantidade de parcelas recomendadas para os eu caso.

Quanto maior o risco de você não pagar (ou seja, quanto menos segurança você oferecer ao banco), menor será o limite máximo que poderá emprestar.

Ao mesmo tempo, quanto maior o risco que você oferece, maior será a taxa de juros. Como você aprendeu no nosso artigo sobre juros compostos, os juros são uma representação do risco de cada empréstimo.

É por isso, por exemplo, que o crédito com garantia tem juros menores que outros tipos de empréstimos. Afinal, a garantia oferecida (seja um carro, seja um imóvel) diminui o risco da operação.

Por fim, a combinação dos juros com o valor emprestado determinará a quantidade de parcelas necessárias para quitar o empréstimo.

Isso acontece porque você só pode pagar 30% da sua renda em parcelas todos os meses. Portanto, se você ganhar R$1.500,00 de salário, a parcela máxima será de R$500,00.

O que é considerado na avaliação de crédito?

Ufa, quanta coisa. No entanto, ainda estamos mais ou menos na metade do nosso artigo. Ainda temos muita coisa para conversar antes de você pedir seu empréstimo pessoal online.

Por exemplo, o que é analisado pelo banco na avaliação de crédito? Que tipo de dados serão pesquisados?

Em primeiro lugar, o banco vai verificar a sua identidade. Isso é necessário por dois motivos:

  • evitar fraudes;
  • obter mais informações sobre você.

Por isso, o banco pede seu RG, CPF e comprovante de endereço. Esses dados são verificados com as bases de dados disponíveis e são usados para puxar outras informações, como:

  • estado civil;
  • idade;
  • nível de escolaridade;
  • profissão;
  • renda;
  • localidade.

Tudo isso têm peso na sua capacidade de pagar ou não o empréstimo. Por exemplo, é possível que o banco que considere que pessoas com o nível de escolaridade X são mais vulneráveis em uma crise e, por isso, cobre os juros mais altos para se proteger caso algo aconteça.

O banco checa por restrições no nome?

Sim, claro. O banco pesquisa pelo seu CPF nas listas de restrição de crédito do SPC e do Serasa.

Como é óbvio, se você tiver em uma dessas listas, terá mais dificuldade de ter o empréstimo aprovado. Na verdade, é bem provável que você não consiga o dinheiro.

O que o banco olha em termos de crédito e renda?

Se você não tiver nenhuma restrição no seu nome, o banco vai para o último passo da análise que é o seu perfil de crédito.

Para isso, ele considerará todo o seu histórico de crédito, incluindo todas as contas pagas ou não-pagas, se você tem cartão de crédito e se está tudo certo.

Um elemento que o banco olhará com certeza é o Score de Crédito, uma pontuação que mostra o quão bom pagador você é e analisa sua saúde financeira.

Quanto mais alta a sua pontuação, melhor. O Score vai de 0 a 1000 e você deve manter essa pontuação o mais alta possível.

Além disso, o banco analisará o seu histórico de renda para saber se sua situação financeira é estável. Ele olhará seu vínculo empregatício, seus hábitos e os seus gastos mensais, caso tenha acesso ao seu extrato bancário.

Isso é importante, pois a parcela do empréstimo não pode passar de 30% da sua renda mensal bruta (incluindo os seus ganhos e de todos que vivem com você).

Caso você tenha pedido por um valor de empréstimo cuja parcela ultrapassa os 30%, o banco tentará aumentar o número de prestações ou diminuir o montante aprovado.

Como melhorar as minhas chances?

Viu que não tem nada para temer na análise de crédito, né? De fato, é um processo bem tranquilo.

No entanto, pode ser que a sua situação financeira não esteja das melhores. Acontece com todo mundo, não precisa ficar preocupado e constrangido.

Sendo assim, pode ser também que você tenha alguns receios de não ser aprovado na análise de crédito do empréstimo pessoal.

Será que tem alguma coisa que você possa fazer para melhorar as suas chances? Tem sim! Veja o que pode ser feito a seguir!

1. Planeje-se

A primeira ação que você pode fazer para aumentar suas chances de conseguir o empréstimo pessoal online é se planejar.

Isso é necessário, pois você consegue evitar problemas que vão aparecer na análise de crédito antes que eles surjam.

Por exemplo, suponha que você pede R$5.000,00 emprestados para pagar em 6 vezes (vamos ignorar os juros para facilitar as contas).

Nesse caso, você pagaria mais ou menos R$833,00 por mês. No entanto, você ganha R$1.500,00.

Ou seja: os R$833,00 são mais que 30% da sua renda e o empréstimo não será aprovado.

Possivelmente, o banco pode aumentar o prazo para 12 meses, de modo que as parcelas caibam dentro do limite.

No entanto, caso você se planeje, poderá pensar em maneiras de mudar a situação, como as próximas 2 dicas.

2. Pense em como economizar

Se você se planejar, provavelmente vai notar que tem alguns gastos supérfluos no seu orçamento mensal. Por exemplo, você vai perceber um pedido a mais na lanchonete, um gasto desnecessário no supermercado…

Enfim, todos nós temos alguma “gordura” no orçamento mensal. No entanto, o planejamento financeiro ajuda a identificar esses gastos extras.

Assim, você pode tirá-los ou diminuí-los, o que dará uma folga maior no seu orçamento mensal. Durante a análise de crédito, essa diferença vai aparecer e mostrar que você tem as contas sob controle. Portanto, é menos arriscado emprestar para você.

Além disso, ter uma folga maior no seu orçamento indica que você poderá optar pela antecipação de parcelas, o que é sempre bem-visto durante a análise.

3. Cogite buscar uma renda extra

Caso as parcelas pretendidas por você ultrapassem seu limite de 30%, então é hora de começar a pensar em buscar uma renda extra.

Existem muitas ideias para ganhar dinheiro no fim de semana, inclusive algumas que custam muito pouco.

Se você tiver um hobby, como cozinhar, dirigir ou escrever, poderá transformá-lo em renda extra também.

Assim, você aumenta a sua renda bruta e pode pagar parcelas mais caras, o que diminui o prazo do empréstimo.

4. Pague suas contas no débito automático

O Score de Crédito é vital para a análise do seu empréstimo pessoal online. Dependendo da sua pontuação, você pode ter juros mais ou menos baixos, além de um limite maior ou menor.

Por isso, se você aumentar o seu Score de Crédito, poderá melhorar as condições de crédito e ficar mais próximo de realizar seu sonho.

Muitas das condições para aumentar o Score são bem óbvias:

  • não estar na lista de restrição do Serasa ou SPC;
  • ter um bom controle financeiro;
  • usar o crédito de maneira responsável.

No entanto, o Serasa oferece uma dica que pouca gente segue: coloque suas contas no débito automático.

Além de evitar ficar sem pagá-las por esquecimento, você ainda mostra estabilidade na análise de crédito, o que facilita as coisas para você.

Como escolher uma financeira?

Pronto, você já trabalhou bastante para ter todas as condições para passar na análise de crédito e conseguir o empréstimo pessoal online que tanto deseja.

Agora é só ir pedir o valor, certo? Sim. Mas onde?

Pois é, você precisa escolher uma boa financeira para poder pedir seu empréstimo pessoal online, de modo a pagar menos e ter mais facilidades.

Quer saber como escolher a financeira certa? Veja 5 dicas abaixo!

1. Olhe as taxas de juros

A taxa de juros é um dos principais elementos do empréstimo pessoal online. Por isso, busque contratar uma financeira que tenha taxas baratas.

É claro que nem sempre o empréstimo com os menores juros serão os melhores (falaremos sobre isso na dica 3), mas é um bom começo.

2. Privilegie o bom atendimento

Quando for atrás das financeiras que podem aprovar o seu empréstimo pessoal, veja como é o atendimento delas.

É importante que você faça negócios com as empresas cujo atendimento é transparente e solícito. Assim, você pode tirar todas as dúvidas e tomar a sua decisão de maneira consciente.

Só assim você poderá pegar um empréstimo de maneira positiva e fazer bom uso dele.

3. Veja outras condições

Como a gente disse, a taxa de juros é importante, mas existem outras condições que podem deixar um empréstimo pessoal mais caro.

Por isso, você precisa olhar o CET (Custo Efetivo Total) do empréstimo antes de assinar o contrato. Só assim você sabe qual é a alternativa mais cara ou mais barata.

Além disso, veja condições de pagamento, como datas e meios, para escolher o empréstimo que melhor se encaixa na sua vida.

4. Confie em quem é sólido

Você faria negócios com aquele seu parente meio enrolado, que está sempre de conversa fiada? Pois é, ninguém faria.

É a mesma coisa com financeiras: opte por assinar contrato somente com quem é sólido, confiável. Assim, você evita surpresas que não são boas.

5. Opte por quem quer ajudar você

Por fim, claro, opte por pegar dinheiro emprestado de quem quer ajudar você. Veja se a financeira oferece apoio, material educativo e toda a ajuda para que o empréstimo seja algo positivo e não algo que atrapalhará sua vida financeira.

Seguindo essas dicas, você vai conseguir usar o empréstimo pessoal online da melhor forma possível. Com ele, você ganha uma nova ferramenta para alcançar os seus sonhos e tornar a sua vida mais gostosa e memorável.

E agora, você já se decidiu? O empréstimo pessoal online é o que você precisa? Então, conte com a Just, nossa parceira em crédito pessoal, que preenche todos os requisitos que listamos acima. Quer saber mais? É só clicar aqui!

Atendimento BV