Entenda como fazer um detox financeiro e colocar suas contas em dia

Já ouviu falar em detox financeiro? É um excelente caminho para colocar as finanças em dia e fechar os meses no azul. Descubra o que é e como fazer!

Categoria: Dicas Financeiras

Categoria: Dicas Financeiras

Alguma vez considerou efetuar um detox financeiro? Por meio dele, você consegue organizar o seu orçamento, eliminando os gastos tóxicos e aprendendo a usar o dinheiro com mais consciência.

Neste artigo, explicamos com detalhes o que é, como ele pode ser feito e quais benefícios vai trazer para você e o seu bolso. Tem interesse no assunto? Então, continue conosco e saiba mais sobre, agora mesmo!

O que é o detox financeiro?

Detox financeiro, como o nome sugere, envolve passar por um processo de desintoxicação das suas finanças. Basicamente, consiste em identificar quais decisões fazem mal ao seu bolso e prejudicam o orçamento. Depois disso, são criados novos hábitos mais saudáveis financeiramente e mais inteligentes, mudando a sua relação com o dinheiro.

Como fazer?

Ok, o conceito está definido, mas como ele pode ser aplicado? Nos tópicos a seguir, vamos ao que interessa e mostrar alguns pontos fundamentais para iniciar e colocar em prática o seu detox financeiro.

Reconhecimento de que precisa passar por uma desintoxicação

Antes de tudo, você precisa ter consciência de que necessita de um detox financeiro. É só assim que conseguirá perceber quais melhorias devem fazer do seu orçamento e colocá-las em prática.

Portanto, é necessário ter consciência sobre a situação em que você se encontra atualmente e de que algumas mudanças no dia a dia serão exigidas — elas podem parecer difíceis em um primeiro momento, mas são fundamentais para trazer mais tranquilidade às suas finanças.

Identificação dos gastos

Você precisa listar todas as despesas atuais. Isso pode ser feito de forma bem simples: um papel e uma caneta já são suficientes. Porém, se você é uma pessoa mais tecnológica, pode usar planilhas e aplicativos para celular.

O importante é registrar para onde vai o seu dinheiro todos os meses. Isso vale para:

  • gastos fixos;
  • alimentação;
  • transporte;
  • cartões de crédito;
  • consumos "picadinhos" (aqueles bem baixos, que quase sempre são esquecidos, contudo, somam um valor alto no fim do mês).

Quitação de dívidas

Foque em quitar as dívidas, especialmente as mais caras e aquelas que apresentam os juros mais altos. Isso é importante para trazer mais tranquilidade financeira e, principalmente, evitar que o seu orçamento fique seriamente comprometido — o foco é justamente fugir do endividamento e do risco de ficar com o nome sujo.

Eliminação dos gastos tóxicos

Você sabe quais são os seus gastos tóxicos? Em geral, são aqueles totalmente desnecessários ou prejudiciais às suas finanças, que aumentam o risco de endividamento. Para explicar melhor, separamos alguns exemplos:

  • delivery de comida;
  • compras por impulso;
  • tarifas bancárias (de acordo com a resolução 3.919 do Banco Central do Brasil, as instituições financeiras são obrigadas a oferecerem uma conta básica e totalmente gratuita);
  • plano de celular pós-pago e caro.

Vale a pena pensar nos gastos tóxicos como aqueles que você não precisa ou não pode pagar. Assim, fica mais fácil identificar quais são eles e como podem ser eliminados do seu orçamento.

Sem tentação de gastar o que sobrou

É natural sentir vontade de gastar determinado valor que sobrou no mês, principalmente depois de fazer mudanças e alcançar algumas conquistas. Porém, parte do trabalho do detox financeiro envolve justamente evitar despesas dispensáveis.

Então, quando isso acontecer, priorize guardar ou investir o seu dinheiro. Dessa maneira, consegue evitar retornar à estaca zero, na qual utiliza todo o dinheiro que tem em compras não essenciais.

Formação de uma "poupança"

E já que estamos falando de poupar, separe determinado valor para guardar ou investir todos os meses. Aqui, vale desde a conta remunerada do Nubank até um investimento em ações de alguma empresa.

Tudo depende do seu perfil e do seu conhecimento sobre o assunto. Afinal, você não vai entrar de cara em ações, se não conhece nada de renda variável e não sabe como escolher os melhores papéis, não é mesmo?

O importante é criar o hábito de economizar e juntar o dinheiro, permitindo que ele trabalhe para você (com a ajuda dos juros compostos). Essa é uma das dicas financeiras mais importantes quando se trata de ter uma boa vida financeira e um bom orçamento.

Quais são os benefícios dessa prática?

O detox financeiro pode proporcionar diversos benefícios quando é colocado em prática. A seguir, mostramos algumas dessas vantagens e como elas podem fazer diferença no seu dia a dia.

Sem dívidas em aberto

Nada melhor do que deitar a cabeça no travesseiro e não ter que se preocupar com dívidas, além das contas fixas, não é mesmo? Como o trabalho de desintoxicação envolve eliminar tais gastos, com o tempo você consegue se ver livre deles — além de pensar duas vezes antes de fazer um novo débito. O objetivo é impedir o endividamento que pode fugir do controle lá na frente.

Dinheiro sobrando o mês inteiro

Sabe aquele perrengue de sobrar "muito mês no fim do dinheiro"? O resultado do detox financeiro contribui para que ele desapareça da sua vida. Ao deixar de consumir produtos e serviços desnecessários, fica mais fácil conseguir realizar algumas economias mensalmente de modo regular.

Isso traz outra vantagem para o seu orçamento: a garantia de saber que há uma reserva de emergência para passar pelos imprevistos com um pouco mais de tranquilidade, sem muito risco de se endividar novamente.

Realização de sonhos

Com a economia que você passa a fazer, fica bem mais fácil realizar sonhos. É possível separar as economias em percentuais, que vão para viagens, estudos, compra de um carro novo, entre vários outros sonhos.

Viu só como o detox financeiro é muito importante? É claro que você não vai conseguir mudar tudo da noite para o dia, principalmente quando estamos falando de dívidas. Porém, algumas alterações nos hábitos já podem trazer resultados imediatos, além de proporcionar uma sensação bem gostosa de recompensa.

Gostou do artigo e quer ajudar mais pessoas a fazerem um detox financeiro? Então, compartilhe-o em suas redes sociais e deixe que a sua lista de amigos também saiba como colocar o detox financeiro em prática!

Atendimento BV