A era da Internet das Coisas: o que você pode esperar da IoT?

Você sabe o que é Internet das Coisas (IoT) e como ela pode revolucionar o modelo de negócio das organizações?

Categoria: Inovação

Categoria: Inovação

Dentro de um cenário de tantas mudanças com a transformação digital, é natural não dominar por completo alguns conceitos importantes. Isso não significa que há espaço para relaxamento: é preciso buscar por conhecimento constantemente para aplicar ao seu modelo de negócio e conseguir resultados cada vez melhores. E é exatamente por isso que você precisa saber sobre a Internet das Coisas.

Também conhecido como IoT (Internet of Things), se trata de um conceito muito importante para empresas dos mais diferentes setores. Quando se fala em automação de fluxos e processos internos, entender o que é e como ele funciona na prática pode ser um diferencial competitivo relevante. Afinal, a Internet das Coisas é a conexão entre diferentes sistemas que fazem parte de um grande ecossistema.

O que acha, então, de conhecer mais sobre o conceito de Internet das Coisas, as possíveis aplicações e como a sua implementação promete mudar a maneira como vivemos, trabalhamos e gerenciamos hoje? Leia este artigo para tirar suas dúvidas e saber o que esperar da IoT.

O que é IoT?

O conceito de Internet das Coisas é simples: se trata de um sistema com diferentes ferramentas conectadas entre si a partir da internet. Com a maior conexão entre diferentes objetivos (coisas), é possível integrar o funcionamento de um fluxo de trabalho.

Imagine uma fábrica que tem uma linha de produção com cinco etapas diferentes e, consequentemente, cinco sistemas. Eles são diferentes, mas precisam atuar de maneira integrada. A partir do momento que uma das máquinas deixa de funcionar, todo o fluxo pode ser interrompido. Ou seja, apesar de separados, são utilizados de forma conjunta.

Com a implementação do conceito de IoT no modelo dessa fábrica, os sistemas conseguem se comunicar e, quando uma máquina apresenta um problema, todo aquele sistema pode se preparar para solucionar a situação. Seja emitindo um sinal para solicitar a manutenção, seja impedir que aquele problema em um ponto se expanda para as outras máquinas.

Sem exigir intervenção humana, os sistemas conseguem se comunicar e trocar dados e informações relevantes para desempenharem melhor as suas funções, sem prejudicar o andamento do processo como um todo. É um complemento da Inteligência Artificial, em que não é apenas uma máquina capaz de interpretar informações, mas sim um conjunto de sistemas.

Quais são as aplicações da Internet das Coisas?

A Internet das Coisas pode ser aplicada de diferentes maneiras no contexto de uma companhia. O mais relevante, porém, são os insights valiosos que podem ser gerados a partir da conexão entre variados sistemas e máquinas. Um dos grandes benefícios é conseguir identificar padrões dentro de um sistema ou mesmo em uma equipe, o que pode gerar insights valiosos para melhorar o desempenho de um negócio.

A quantidade de informações também contribui para entender mais sobre as tendências de uma empresa ou equipe específica. Com a análise de métricas em um alto nível de precisão, é mais fácil identificar quais são as eventuais melhorias que o negócio pode fazer para ter um melhor desempenho. Qual é o horário em que os clientes mais fazem compras? Qual é o perfil desse público? A IoT ajuda com essas respostas.

E tudo isso pode acontecer de maneira automatizada, com sistemas se comunicando para identificar soluções e estratégias ideais para as demandas de um negócio. O atendimento ao consumidor por parte de uma empresa pode ser automatizado e mais eficiente, sem parecer que o usuário está em contato com uma máquina, já que é possível desenvolver ideias e entender como se comunicar melhor com aquele cliente.

Como a Internet das Coisas impacta pessoas e empresas?

A Inteligência Artificial no setor bancário já é uma realidade e é um exemplo de como a Internet das Coisas pode tornar o atendimento aos clientes ainda melhor. Ao mesmo tempo, todas as informações apresentadas acima podem ser utilizadas para tornar o RH mais estratégico. Seja para identificar padrões no desempenho de uma equipe ou mesmo para realizar contratações mais precisas.

Além disso, a IoT também contribui para a otimização de processos. Com o reconhecimento de padrões, se torna possível identificar certas tendências da sua organização. Lembra do exemplo da fábrica? O gestor consegue identificar o momento ideal para fazer uma nova compra de um material específico, por exemplo.

Na era do business intelligence, porém, não são apenas as empresas as impactadas pela implementação da Internet das Coisas. As pessoas também passam a ter serviços e experiências mais integrados, resultando em soluções mais personalizadas e completas para as suas dores e demandas.

Quais são as tendências de IoT para os próximos anos?

Com os avanços na tecnologia, as ferramentas e soluções estão cada vez mais acessíveis e a tendência é que os próximos anos sejam marcados pelo avanço da implementação do conceito de IoT nas empresas e na sociedade como um todo. Com a Inteligência Artificial ainda evoluindo, é natural que a Internet das Coisas acompanhe as mudanças de estágio para se tornar mais presente no dia a dia.

Esse cenário, porém, tende a crescer rapidamente, já que a quantidade de dispositivos conectados que fazem parte da realidade de pessoas e empresas é cada vez maior. Quando isso acontece, a conexão entre esses diferentes objetivos e sistemas se torna mais fácil. Com esses avanços, é possível esperar que a IoT resulte sistemas cada vez mais integrados e ganhos para empresas e pessoas.

A Internet das Coisas chegou para revolucionar não apenas o mercado, mas a sociedade como um todo. Sendo assim, por mais que sejam muitos os conceitos que precisam ser monitorados de perto, esse é, sem dúvidas, um dos mais importantes. Aplicando essa tecnologia nas suas operações, os ganhos podem ser significativos no curto, médio e longo prazos.

Agora que você já sabe tudo sobre Internet das Coisas e como se preparar para o futuro, o que acha de compartilhar este artigo com mais pessoas? Assim, a sua equipe pode se organizar e identificar as melhores formas de utilizar o conceito de IoT dentro dos processos da sua empresa.

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.