8 dicas para garantir a sua segurança na internet

Garantir a segurança na internet é essencial para usufruir de suas facilidades sem cair em golpes ou fraudes. Veja as dicas a seguir.

Categoria: Segurança

Categoria: Segurança

Você provavelmente já vivenciou ou ouviu relatos de pessoas próximas que caíram em golpes on-line ou tiveram problemas com vírus. Com o acesso fácil à rede por meio de celulares, computadores e tablets no nosso dia a dia, a necessidade de cuidar da segurança na internet é cada vez mais essencial.

Para se ter ideia sobre a importância disso, vale mencionar que o Brasil é o segundo país no ranking mundial de ataques cibernéticos — ficando atrás somente dos Estados Unidos. Foram mais de 439 mil ocorrências entre 1° de janeiro e 3 de agosto de 2021. Felizmente, com as medidas corretas, é possível reduzir a nossa exposição na web mesmo que estejamos sempre on-line em nossos dispositivos.

Conheça as melhores dicas de segurança na internet para que você navegue de forma protegida.

1. Leia antes de aceitar

A primeira atitude está diretamente envolvida com um erro comum que muita gente comete na hora de utilizar ferramentas on-line: concordar com os termos de uso e privacidade de aplicativos e softwares sem ler. Eles são documentos virtuais que indicam como a marca responsável pelo sistema, site ou plataforma vai cuidar dos dados e dos registros de seus usuários.

Ou seja, nessas declarações, você entende se suas informações pessoais serão protegidas ou não e, quando aceita, está concordando com os padrões de segurança da empresa (ou a falta deles). Logo, jamais aceite os termos de uso antes de ler as cláusulas dos contratos.

2. Redobre o cuidado no pagamento de boletos gerados on-line

Os boletos gerados on-line garantem comodidade aos compradores de produtos ou serviços, mas é preciso ter atenção redobrada em alguns detalhes para não levar prejuízos financeiros. Veja algumas recomendações.

Verifique os dados do emissor

Para detectar boletos falsos, avalie as informações do documento, como os dados do emissor. Verifique o nome da empresa, o CNPJ, a data de vencimento do título e dados do beneficiário (endereço, CEP e telefone).

Confirme o valor do documento

É comum que boletos falsificados apresentem valores diferentes do exposto após a leitura ou digitação do código de barra. Caso seja uma conta mensal, observe se há diferença de valor entre eles.

Priorize a leitura automática do código de barras

A leitura automática é uma ótima medida preventiva para identificar boletos fraudulentos. Até porque a intenção dos criminosos é fazer as pessoas digitarem o código todo para que o dinheiro seja transferido direto para suas contas. Portanto, caso o caixa eletrônico ou o aplicativo do banco não consiga fazer a leitura, desconfie.

Observe os erros de português

Erros gramaticais podem ser um indício de que há algo errado com o boleto. Nesse caso, confira os dados relacionados ao seu nome e o da empresa, além de deslizes em descrições de produtos ou serviços, bem como o preço estipulado no documento — se bate com o valor informado no site, por exemplo.

3. Use somente o cartão virtual

Eles não substituem os cartões físicos, e as compras realizadas são vinculadas à fatura do comprador. O destaque dessa solução fica por conta de sua existência temporária, sendo possível utilizá-la somente uma vez, evitando fraudes on-line.

O cartão virtual expira rápido e pode ser excluído após um período ou pelo próprio usuário, dependendo das políticas do banco gerenciador da conta digital. Assim, é possível ter mais segurança de dados e fugir de golpes ocasionados por hackers em sites comerciais.

4. Evite compartilhar dados pessoais em canais como WhatsApp

Nem é necessário falar que você nunca deve compartilhar dados pessoais, senhas, informações aparentemente inofensivas (cidade natal, relacionamento, endereço etc.) para que criminosos não coletem respostas às suas perguntas de segurança. Bloqueie todo contato desconhecido que for feito via WhatsApp, e-mail, SMS e qualquer outro mecanismo de comunicação para evitar dores de cabeça.

5. Tenha um antivírus instalado

Você provavelmente sabe que é importante ter um antivírus em seu computador, e isso também vale para aparelhos móveis. Além de instalá-lo, certifique-se de que esteja atualizado para potencializar a identificação de vírus novos. Em geral, todos os aplicativos antivirais se atualizam automaticamente, mas não custa nada verificar.

6. Não clique em links desconhecidos

Ao visitar sites ou verificar seus e-mails, inspecione os links antes de clicar neles. Antes, passe o mouse ou pressione o dedo na tela do celular para visualizar uma prévia do endereço completo. Veja se os dados de visualização correspondem ao site que você quer acessar. Para tirar a prova, pesquise o nome da empresa no Google.

Por exemplo, se você receber e-mail do banco BV e o endereço do link for www.banco-bv.com.br, ele não corresponde à página correta que aparece no resultado das buscas do Google, que é www.bv.com.br. Portanto, crie o costume de verificar a existência e a procedência das marcas na internet.

Se você receber e-mail solicitando login, ignore os links da mensagem e vá até o site ou aplicativo oficial para inserir os dados de acesso. Essa regra também vale para propagandas atrativas que apresentam links de downloads para aplicativos, jogos ou softwares comprometidos. Antes de baixá-los, veja se não oferecem riscos.

7. Crie e use senhas complexas

Nada de utilizar o ano do seu nascimento ou o nome do seu cachorro. Senhas muito evidentes são extremamente vulneráveis. Veja as recomendações a seguir para criar uma combinação mais forte em suas contas de acesso:

- use muitos caracteres, pelo menos 15;

- combine letras maiúsculas e minúsculas e números;

- evite substituir caracteres por símbolos semelhantes, como a letra “a” pelo “@”;

- não faça sequências, como números crescentes e decrescentes ou letras do teclado.

8. Adote a verificação em duas etapas

Para fortalecer sua segurança na internet, garanta uma proteção a mais com a verificação em duas etapas. Funciona assim: após inserir sua senha em um site ou aplicativo, você recebe um código por SMS a fim de garantir o acesso seguro.

Na maioria dos casos, esse processo só é necessário quando há risco de invasão da conta por meio de um aparelho desconhecido. Alguns aplicativos mais sensíveis, como internet banking, podem solicitar a verificação em duas etapas em todos os acessos. Isso evita a exposição ao risco por perda de celular, por exemplo.

Garantir a segurança na internet é a melhor forma de evitar problemas. Coloque as dicas mencionadas em prática para criar o hábito de agir de forma preventiva enquanto estiver on-line.

Além disso, é sempre bom acompanhar as tendências do ramo para fugir de métodos suspeitos. Tenha atenção em todos os canais de comunicação e de acesso à rede. Inclusive, conheça as melhores recomendações para evitar golpes por e-mail.

 

Através do nosso blog você tem acesso às informações atualizadas e relevantes do mercado financeiro. No entanto, as informações aqui apresentadas têm como única intenção o caráter informativo, estando baseadas em dados de conhecimento público, não significando, portanto, quaisquer compromissos por parte do Banco BV e não constituem uma obrigação ou um dever para o leitor. O conteúdo disponibilizado é elaborado por terceiros e publicado pelo Banco BV. O Banco BV e suas empresas coligadas se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material e de seu conteúdo. Dúvidas, sugestões e reclamações, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 728 0083 ou pelo e-mail sac@bv.com.br. Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661. Se desejar entrar em contato com a Ouvidoria, ligue para 0800 707 0083 (Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661)

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.