Qual é a durabilidade do painel solar? Veja 5 dicas para cuidar dele!

A energia solar tem sido adotada por pessoas e empresas. Contudo, alguns ainda apresentam dúvidas sobre a durabilidade do painel solar. Saiba mais sobre isso!

Categoria: Financiamento para Energia Solar

A utilização de sistemas fotovoltaicos para a produção de energia tem se tornado uma realidade cada dia mais comum. Devido às suas inúmeras vantagens, principalmente ligadas à economia e sustentabilidade, essa tecnologia é vista com bons olhos por usuários domésticos e empresas. Tanto é que já existe financiamento de energia solar e versões mais acessíveis do equipamento, como a telha fotovoltaica.

No entanto, embora não seja um equipamento tão recente, ainda há dúvidas sobre o seu funcionamento e outras questões mais técnicas. Por exemplo, são frequentes os questionamentos em relação à durabilidade do painel solar. Será que é preciso fazer a troca recorrentemente? Existe alguma forma de aumentar a vida útil? Precisa de manutenção? É o que vamos descobrir a partir de agora!

Continue a leitura para entender melhor qual a durabilidade do painel solar e conferir as 5 dicas que listamos para cuidar dele corretamente!

Qual é a durabilidade do painel solar?

Como se sabe, os painéis solares estão entre os componentes mais importantes de um sistema fotovoltaico de geração de energia. Como o próprio nome já indica, eles são responsáveis por absorver a radiação solar e convertê-la em corrente elétrica. Por isso, é indispensável que estejam em bom estado.

Outro ponto que merece ser lembrado sobre é que os painéis representam uma grande parcela dos custos envolvidos na aquisição e instalação de um sistema fotovoltaico. Então, é essencial que tal equipamento tenha uma boa durabilidade, fazendo valer todo o investimento feito pelo usuário, não é mesmo?

Mas qual seria a durabilidade de um painel solar? Por quantos anos esse equipamento consegue funcionar adequadamente sem ser trocado? Indo direto ao ponto, a vida útil de um painel solar é de 25 a 30 anos — inclusive esse é o prazo que as fabricantes costumam dar como garantia.

Contudo, algumas pesquisas mostram que a durabilidade de um painel solar pode ultrapassar os 40 anos. Ou seja, é um período mais que suficiente para o usuário recuperar o investimento feito e aproveitar os benefícios da energia solar.

Quais são os sinais de desgaste do painel solar?

Por ser uma peça que fica exposta a todo tipo de circunstância climática, como sol forte, chuva, ventos e resíduos, é natural que o painel solar sofra algum desgaste com o passar do tempo. Apesar disso, como vimos, o equipamento ainda consegue durar por longos e longos anos, cumprindo a sua função.

Ainda assim é muito importante estar atento aos sinais de deterioração dos módulos. Para tanto, você pode analisar os seguintes pontos:

  • presença de riscos na superfície do painel;
  • existência de manchas;
  • ressecamento;
  • painel embaçado;
  • oxidação em pontos metálicos e fios;
  • perda de eficiência;
  • trincas.

Como cuidar do painel solar?

Uma das maiores vantagens do sistema fotovoltaico é que ele é altamente durável, além de exigir cuidados mínimos. Ou seja, durante a sua vida útil, não serão necessárias grandes manutenções e cuidados frequentes com os equipamentos.

Na realidade, o que o painel solar exige, assim como qualquer outro equipamento tecnológico, são precauções básicas. Então, se você quer aproveitar ao máximo o seu sistema de geração de energia fotovoltaica, vale muito a pena cuidar dele.

Para ajudar em tal tarefa, — algo bastante simples, diga-se de passagem —, listamos 5 dicas valiosas. Confira!

1. Limpe os módulos solares

Um dos cuidados fundamentais com o painel solar é a limpeza. Essa ação não requer nenhum procedimento específico, bastando que utilize os produtos adequados. O ideal é fazê-la com um pano úmido, sem produtos químicos.

Além disso, é importante ter atenção para não utilizar substâncias e instrumentos abrasivos que possam riscar os painéis. No mais, não se deve pisar nas placas durante o procedimento, pois a sua superfície é bastante frágil.

2. Faça manutenções preditivas

A manutenção preditiva também é muito importante para garantir a durabilidade dos painéis solares. O objetivo desse tipo de precaução é checar se tudo funciona conforme as especificações do projeto.

Assim, uma maneira simples de fazer a predição é analisar os dados de geração de energia, verificando se os painéis estão entregando a performance ideal. Caso algo não esteja como deveria, é preciso investigar as causas do problema.

3. Realize as manutenções preventivas

Como vimos, a durabilidade dos painéis solares pode ultrapassar os 30 anos. Para isso, no entanto, é crucial realizar as manutenções preventivas, mesmo que tudo funcione perfeitamente.

Então, o ideal é que algumas medidas sejam adotadas de tempos em tempos. Desse modo, você evita falhas mais graves e prolonga a durabilidade das placas. Como exemplo, citamos:

  • avaliação visual das placas a fim de checar se não há objetos ou excesso de resíduos sobre elas;
  • limpeza da superfície, como destacamos;
  • acompanhamento dos dados de produção;
  • substituição de fios, conectores e outros itens da instalação, caso necessário.

4. Acompanhe os dados de produção de energia

Atualmente, os sistemas de geração de energia fotovoltaica estão bastante completos e inteligentes. Com o auxílio de softwares e aplicativos, por exemplo, o usuário consegue acompanhar, em tempo real, os dados de produtividade do sistema, analisando a performance diária, mensal ou anual.

Ao consultar essas informações, é possível identificar possíveis falhas nos equipamentos. Por exemplo, se a produção de um mês foi muito abaixo do que se espera e não existe um motivo claro para isso, é sinal de alguma falha.

Dessa forma, o usuário já pode solicitar auxílio técnico para solucionar o problema presente e impedir os futuros. Então, é muito importante acompanhar a operação do seu sistema, ok?

5. Mantenha os painéis na posição correta

A eficiência de um painel solar está diretamente ligada à sua posição. Assim, quanto maior for a incidência solar, mais produtividade o módulo terá. Geralmente, as instalações priorizam o posicionamento das placas viradas para o norte, pois é a direção que oferece melhor aproveitamento da luz. Por essa razão, não se deve alterar a posição dos painéis. Caso isso aconteça, por qualquer motivo, é necessário reposicionar os módulos.

A durabilidade do painel solar é um dos pontos fortes dessa tecnologia e, inclusive, uma das características que comprovam tal opção como excelente para quem quer reduzir sua conta de energia e usar uma fonte de energia limpa e sustentável.

Quer levar todos os benefícios da energia solar para sua casa ou empresa? O banco BV pode ajudar! Entre em contato com o nosso time e saiba mais!

A utilização de sistemas fotovoltaicos para a produção de energia tem se tornado uma realidade cada dia mais comum. Devido às suas inúmeras vantagens, principalmente ligadas à economia e sustentabilidade, essa tecnologia é vista com bons olhos por usuários domésticos e empresas. Tanto é que já existe financiamento de energia solar e versões mais acessíveis do equipamento, como a telha fotovoltaica.

No entanto, embora não seja um equipamento tão recente, ainda há dúvidas sobre o seu funcionamento e outras questões mais técnicas. Por exemplo, são frequentes os questionamentos em relação à durabilidade do painel solar. Será que é preciso fazer a troca recorrentemente? Existe alguma forma de aumentar a vida útil? Precisa de manutenção? É o que vamos descobrir a partir de agora!

Continue a leitura para entender melhor qual a durabilidade do painel solar e conferir as 5 dicas que listamos para cuidar dele corretamente!

Qual é a durabilidade do painel solar?

Como se sabe, os painéis solares estão entre os componentes mais importantes de um sistema fotovoltaico de geração de energia. Como o próprio nome já indica, eles são responsáveis por absorver a radiação solar e convertê-la em corrente elétrica. Por isso, é indispensável que estejam em bom estado.

Outro ponto que merece ser lembrado sobre é que os painéis representam uma grande parcela dos custos envolvidos na aquisição e instalação de um sistema fotovoltaico. Então, é essencial que tal equipamento tenha uma boa durabilidade, fazendo valer todo o investimento feito pelo usuário, não é mesmo?

Mas qual seria a durabilidade de um painel solar? Por quantos anos esse equipamento consegue funcionar adequadamente sem ser trocado? Indo direto ao ponto, a vida útil de um painel solar é de 25 a 30 anos — inclusive esse é o prazo que as fabricantes costumam dar como garantia.

Contudo, algumas pesquisas mostram que a durabilidade de um painel solar pode ultrapassar os 40 anos. Ou seja, é um período mais que suficiente para o usuário recuperar o investimento feito e aproveitar os benefícios da energia solar.

Quais são os sinais de desgaste do painel solar?

Por ser uma peça que fica exposta a todo tipo de circunstância climática, como sol forte, chuva, ventos e resíduos, é natural que o painel solar sofra algum desgaste com o passar do tempo. Apesar disso, como vimos, o equipamento ainda consegue durar por longos e longos anos, cumprindo a sua função.

Ainda assim é muito importante estar atento aos sinais de deterioração dos módulos. Para tanto, você pode analisar os seguintes pontos:

  • presença de riscos na superfície do painel;
  • existência de manchas;
  • ressecamento;
  • painel embaçado;
  • oxidação em pontos metálicos e fios;
  • perda de eficiência;
  • trincas.

Como cuidar do painel solar?

Uma das maiores vantagens do sistema fotovoltaico é que ele é altamente durável, além de exigir cuidados mínimos. Ou seja, durante a sua vida útil, não serão necessárias grandes manutenções e cuidados frequentes com os equipamentos.

Na realidade, o que o painel solar exige, assim como qualquer outro equipamento tecnológico, são precauções básicas. Então, se você quer aproveitar ao máximo o seu sistema de geração de energia fotovoltaica, vale muito a pena cuidar dele.

Para ajudar em tal tarefa, — algo bastante simples, diga-se de passagem —, listamos 5 dicas valiosas. Confira!

1. Limpe os módulos solares

Um dos cuidados fundamentais com o painel solar é a limpeza. Essa ação não requer nenhum procedimento específico, bastando que utilize os produtos adequados. O ideal é fazê-la com um pano úmido, sem produtos químicos.

Além disso, é importante ter atenção para não utilizar substâncias e instrumentos abrasivos que possam riscar os painéis. No mais, não se deve pisar nas placas durante o procedimento, pois a sua superfície é bastante frágil.

2. Faça manutenções preditivas

A manutenção preditiva também é muito importante para garantir a durabilidade dos painéis solares. O objetivo desse tipo de precaução é checar se tudo funciona conforme as especificações do projeto.

Assim, uma maneira simples de fazer a predição é analisar os dados de geração de energia, verificando se os painéis estão entregando a performance ideal. Caso algo não esteja como deveria, é preciso investigar as causas do problema.

3. Realize as manutenções preventivas

Como vimos, a durabilidade dos painéis solares pode ultrapassar os 30 anos. Para isso, no entanto, é crucial realizar as manutenções preventivas, mesmo que tudo funcione perfeitamente.

Então, o ideal é que algumas medidas sejam adotadas de tempos em tempos. Desse modo, você evita falhas mais graves e prolonga a durabilidade das placas. Como exemplo, citamos:

  • avaliação visual das placas a fim de checar se não há objetos ou excesso de resíduos sobre elas;
  • limpeza da superfície, como destacamos;
  • acompanhamento dos dados de produção;
  • substituição de fios, conectores e outros itens da instalação, caso necessário.

4. Acompanhe os dados de produção de energia

Atualmente, os sistemas de geração de energia fotovoltaica estão bastante completos e inteligentes. Com o auxílio de softwares e aplicativos, por exemplo, o usuário consegue acompanhar, em tempo real, os dados de produtividade do sistema, analisando a performance diária, mensal ou anual.

Ao consultar essas informações, é possível identificar possíveis falhas nos equipamentos. Por exemplo, se a produção de um mês foi muito abaixo do que se espera e não existe um motivo claro para isso, é sinal de alguma falha.

Dessa forma, o usuário já pode solicitar auxílio técnico para solucionar o problema presente e impedir os futuros. Então, é muito importante acompanhar a operação do seu sistema, ok?

5. Mantenha os painéis na posição correta

A eficiência de um painel solar está diretamente ligada à sua posição. Assim, quanto maior for a incidência solar, mais produtividade o módulo terá. Geralmente, as instalações priorizam o posicionamento das placas viradas para o norte, pois é a direção que oferece melhor aproveitamento da luz. Por essa razão, não se deve alterar a posição dos painéis. Caso isso aconteça, por qualquer motivo, é necessário reposicionar os módulos.

A durabilidade do painel solar é um dos pontos fortes dessa tecnologia e, inclusive, uma das características que comprovam tal opção como excelente para quem quer reduzir sua conta de energia e usar uma fonte de energia limpa e sustentável.

Quer levar todos os benefícios da energia solar para sua casa ou empresa? O banco BV pode ajudar! Entre em contato com o nosso time e saiba mais!

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.