O que é o saque-aniversário? Consiga uma grana extra!

Quer descobrir o que é o saque-aniversário, como ele funciona, valores e muito mais? Então, leia este artigo!

Categoria: Crédito FGTS

Categoria: Crédito FGTS

Quando você quer dinheiro para pagar contas ou tirar uma ideia do papel, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) pode ser uma mão na roda. Uma das dúvidas de quem pensa em sacar o benefício é entender o que é o saque-aniversário do fundo.

Ele corresponde a uma parte do FGTS, que você pode receber uma vez por ano. Existem algumas regras para conseguir acessá-lo e diversas possibilidades de usar essa quantia extra a seu favor.

Confira, a seguir, o que é o saque-aniversário e todos os detalhes para você aproveitar da melhor forma esse esse dinheiro que já é seu!

O que é o saque-aniversário?

Saque-aniversário é uma das opções para você receber uma quantia do seu FGTS uma vez por ano. Como o nome já indica, ele é pago no mês em que você nasceu.

A modalidade padrão em que o FGTS costuma ser pago é para quem foi demitido sem justa causa. O fundo foi criado em 1967 com o objetivo de oferecer uma espécie de indenização pelo tempo de serviço para o trabalhador. Assim, ele serviria também como apoio financeiro até a recolocação em um novo emprego.

Desde 2020, no entanto, uma outra opção está disponível, que é o saque-aniversário. De acordo com a Caixa, mais de 21 milhões de trabalhadores já acessaram o benefício por essa modalidade. Isso equivale a mais de R$ 31 bilhões que foram pagos desde a criação do fundo.

Agora que você já sabe o que é o saque-aniversário, que tal entender também como ele funciona? Para isso continue a leitura!

Como funciona o saque-aniversário?

O saque-aniversário é pago para todas as pessoas que possuem contas ativas ou inativas no FGTS. Essa modalidade de pagamento é opcional e, para isso, é preciso informar o interesse para começar a recebê-lo, como explicaremos mais adiante.

O pagamento do benefício através do saque-aniversário acontece uma vez por ano. Você tem acesso a uma parte do FGTS no mês em que você nasceu, com um prazo adicional de mais 60 dias para retirar o valor.

Qual a diferença entre saque-aniversário e saque-rescisão?

A diferença entre cada modalidade de saque do FGTS está em como você consegue acessar seu dinheiro e a quantidade a que terá direito. Para você entender com mais facilidade, vamos mostrar as principais características de cada um:

Saque-rescisão

É a modalidade padrão em que se paga o FGTS. Para quem é demitido sem justa causa, o saldo do fundo e a multa rescisória, se houver, ficam disponíveis para saque.

A retirada é feita na Caixa ou transferência diretamente para a sua conta. Para isso, é necessário apresentar documentos, como a carteira de trabalho e a homologação da rescisão, por exemplo.

Saque-aniversário

O saque-aniversário está disponível para quem está trabalhando ou não e informa a opção por essa modalidade. Você recebe uma parte do valor que está nas contas ativas e inativas.

O saque é feito pelo aplicativo do FGTS, nos canais da Caixa. Para quem vai retirar até R$ 3 mil, é possível sacar o dinheiro em caixas eletrônicos, correspondentes Caixa Aqui ou mesmo em lotéricas.

Independente da sua escolha de acesso ao FGTS, ele também pode ser utilizado em situações específicas, como:

- financiar a compra de um imóvel;

- aposentadoria;

- caso de doença grave;

- término de contrato por prazo determinado;

- fechamento ou extinção da empresa;

- falecimento do titular.

Qual o valor disponível para o saque-aniversário?

Legenda: Para além de saber o que é o saque-aniversário, é preciso avaliar se ele faz sentido para a sua realidade antes de solicitá-lo.

O montante a ser pago é definido a partir de quanto você possui nas suas contas do FGTS. A partir do valor total, você vai receber um percentual junto com uma parcela adicional. De acordo com a Caixa, a regra do valor a ser pago é definida a partir destas faixas de saldos:

- entre R$ 1.000,01 e R$ 5.000: 30% do valor, além de R$ 150;

- entre R$ 500,01 e R$ 1.000: pagamento de 40% e parcela extra de R$ 50;

- de até R$ 500: você recebe 50% do saldo. Por ser um percentual elevado, não há parcela adicional para essa quantia;

- entre R$ 5.000,01 e R$ 10.000: percentual de 20% e uma parcela de R$ 650;

- entre R$ 10.000,01 e R$ 15.000: alíquota de 15% com parcela de R$ 1.150;

- entre R$ 15.000,01 e R$ 20.000: pagamento de 10% e R$ 1.900 de parcela;

- acima de R$ 20.000,01: você recebe 5% sobre o total e parcela adicional de R$ 2.900.

Exemplos de valores do saque-aniversário

Para você entender como esse cálculo acontece na prática, vamos utilizar dois casos. Acompanhe-os abaixo!

Exemplo 1

Uma pessoa tem um saldo de R$ 800 na conta do FGTS. Ela terá acesso a 40% do valor e uma parcela adicional de R$ 50.

- 40% de um saldo de R$ 800 = R$ 320

- R$ 320 + R$ 50 da parcela = total de R$ 370

No ano seguinte, se ela não receber nenhum novo depósito de outra empresa, o cálculo será sobre os R$ 370. Pela tabela, ela vai receber 50% desse valor, sem parcela adicional, em um total de R$ 185.

Exemplo 2

Outra pessoa tem um saldo de mais de R$ 18 mil. Pela regra, o saque-aniversário terá um percentual de 10% e uma parcela de R$ 1.900.

- 10% de R$ 18 mil = R$ 1.800

- R$ 1.800 + R$ 1.900 da parcela adicional = R$ 3.700

No ano seguinte, o cálculo será a partir dos R$ 3.700, caso não haja mais depósitos na conta. O cálculo será diferente, com um percentual de 30% e a parcela de R$ 150.

Quando posso fazer o saque deste valor?

Todos os anos, o governo divulga o calendário de datas do saque conforme o mês de aniversário e o prazo final para sacar. A diferença nas datas é pequena de um ano para o outro, com variações apenas na data de início ou de término do prazo conforme o dia útil.

A exemplo de 2022, as datas para o saque-aniversário funcionam assim:

(Fonte: Caixa)

Agora que você já sabe o que é o saque-aniversário, como ele funciona, qual a diferença entre ele e o saque-rescisão e quais são os valores pagos, que tal descobrir como aderir a esse serviço? Saiba mais no tópico abaixo!

Como aderir ao saque-aniversário? Veja o passo a passo!

Você deve fazer a adesão ao saque-aniversário através do aplicativo do FGTS, nos canais da Caixa. Para receber o valor no mesmo ano, o pedido precisa ser feito até o último dia do mês do seu nascimento. Do contrário, ele será pago no ano seguinte.

Por exemplo, se você faz aniversário em janeiro e quer aderir ao saque-aniversário, o pagamento vai acontecer só em 2023. Agora, se você faz aniversário em julho, tem até o final do mesmo mês para pedir e receber ainda em 2022.

Pelo app do FGTS, você faz o pedido da seguinte forma:

- Baixe o aplicativo FGTS;

- Informe seu CPF e senha. Se não tiver cadastro ainda, é só se inscrever na hora;

- Clique em “Saque-aniversário do FGTS” ou pelo menu inferior “Meus Saques”;

- A tela mostra as escolhas sistemáticas de saque. A opção que você usa hoje tem o rótulo “Ativo” na frente dele, na cor verde;

- A primeira opção é a “Modalidade Saque-Aniversário”. Ao clicar nela, vão aparecer informações sobre essa opção e o botão "Optar pelo Saque-aniversário”;

- Para sua segurança, no botão “Meus Saques”, você pode descer a tela e ver a última opção de cadastrar uma conta bancária para receber o valor de forma automática;

- Por fim, é só conferir as datas para receber seu saque-aniversário.

Posso sacar o FGTS em caso de demissão se optei pelo aniversário?

Quando você opta pelo saque-aniversário e é demitido do seu trabalho, terá acesso apenas à multa rescisória, quando ela for devida. O restante vai continuar no fundo e poderá ser retirado nos demais pagamentos do saque-aniversário. 

Você ainda pode utilizar esse saldo em algumas das situações específicas que comentamos anteriormente. Se preferir, é possível mudar do saque-aniversário para o saque-rescisão depois de um prazo de 25 meses após o pedido. Essa troca acontece apenas quando você não tem nenhum contrato de empréstimo vinculado ao saque-aniversário.

Posso antecipar o saque-aniversário?

Legenda: Assim como a solicitação do saque-aniversário, a antecipação dele também pode ser solicitada pelos aplicativos dos bancos que oferecem esse serviço, de maneira muito simples.

Sim, você consegue solicitar a antecipação dos próximos anos do seu saque-aniversário. Algumas instituições financeiras oferecem esse serviço e, aqui no BV, essa antecipação é feita pelo Crédito FGTS BV

Por pedir o adiantamento de um valor que já é seu, o custo deste crédito será bem mais baixo do que um empréstimo pessoal, por exemplo. A principal característica da antecipação do saque-aniversário é que você não precisa comprometer seu orçamento pagando as mensalidades.

Isso acontece porque você vai pagá-lo com o próprio saque-aniversário. O saldo do FGTS fica bloqueado e a instituição financeira vai receber o valor automaticamente, até quitar a quantia.

Agora que você sabe o que é o saque-aniversário, é hora de planejar a melhor forma de usar esse dinheiro. Com esses recursos em mãos, você pode pagar dívidas mais caras ou montar sua reserva de emergência, por exemplo.

Liste seus objetivos e coloque-os em ordem de prioridade. A partir daí, verifique como realizar cada um deles sem desorganizar seu orçamento. E se precisar, conte com a ajuda do BV!

 “Através do nosso blog você tem acesso às informações atualizadas e relevantes do mercado financeiro. No entanto, as informações aqui apresentadas têm como única intenção o caráter informativo, estando baseadas em dados de conhecimento público, não significando, portanto, quaisquer compromissos por parte do Banco BV e não constituem uma obrigação ou um dever para o leitor. O conteúdo disponibilizado é elaborado por terceiros e publicado pelo Banco BV. O Banco BV e suas empresas coligadas se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material e de seu conteúdo. Dúvidas, sugestões e reclamações, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 728 0083 ou pelo e-mail sac@bv.com.br. Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661. Se desejar entrar em contato com a Ouvidoria, ligue para 0800 707 0083 (Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661)”.

Atendimento BV