Entenda a relação entre responsabilidade financeira e qualidade de vida

Como a responsabilidade financeira afeta a sua qualidade de vida? Continue a leitura e descubra!

Categoria: Orientação Financeira

Manter uma responsabilidade financeira é a melhor forma de ter qualidade de vida. Conhecer o seu orçamento ajuda você a organizar melhor as despesas mensais, traçar planos para o futuro e alcançar os objetivos sem afetar o seu bem-estar.

Manter o equilíbrio no uso do dinheiro ainda evita o excesso de preocupação e estresse, que podem afetar a qualidade de vida. Ainda tem dúvidas sobre como lidar bem com as suas finanças para ser feliz e conquistar o que deseja? Explicamos mais sobre o assunto a seguir. É só continuar a leitura!

O que é responsabilidade financeira?

Ter responsabilidade financeira significa saber usar o dinheiro de forma adequada para conseguir pagar as contas do mês, investir no futuro e ainda fazer sobrar recursos. Para tanto, é muito importante buscar conhecimento para saber utilizar o dinheiro de maneira inteligente, pois isso se reflete diretamente nas práticas do dia a dia.

Uma pessoa com responsabilidade financeira consegue viver bem com o seu salário, independentemente do valor mensal recebido. Isso porque ela adapta o seu padrão de vida à sua renda, evitando gastos desnecessários e compras por impulso — que são deliciosas naquele momento, mas podem trazer dores de cabeça no futuro. Afinal, ela entende que todas as dívidas contraídas precisam ser pagas dentro do prazo determinado, caso contrário, pode trazer problemas para a sua organização financeira.

O que é qualidade de vida?

A Organização Mundial da Saúde define qualidade de vida como “a percepção do indivíduo de sua inserção na vida, no contexto da cultura e sistemas de valores nos quais ele vive e em relação aos seus objetivos, expectativas, padrões e preocupações”.

Diante desse contexto, podemos entender que a qualidade de vida está relacionada a muitos fatores externos e internos como bem-estar, saúde, capacidade de buscar o desenvolvimento pessoal, condições financeiras de se manter e conquistar uma satisfação profissional, ter tempo para manter relações sociais e ainda ter acesso às condições básicas de higiene e segurança.

Portanto, ter qualidade de vida é sentir-se bem com o meio que o cerca, ter uma boa relação no ambiente de trabalho e na vida pessoal e encontrar oportunidades para melhorar a cada dia.

Alguém que ganha muito dinheiro pode entender que não tem qualidade de vida, porque se dedica demais ao trabalho e não tem tempo para o lazer e a família, por exemplo. Isso não é regra, pois tudo depende da maneira com que você enxerga o ambiente ao seu redor e as pessoas.

Como a responsabilidade financeira afeta a qualidade de vida?

Já diz um ditado popular que “dinheiro não traz felicidade.” Isso não significa que uma pessoa milionária será sempre infeliz e quem não tem muito dinheiro será feliz, pois é a qualidade de vida que proporciona o bem-estar e a satisfação.

E ela está relacionada à forma com que você lida com o seu dinheiro e os demais fatores sociais e do seu ambiente. Quem tem responsabilidade financeira sabe que não pode gastar mais do que recebe e precisa manter uma reserva de emergência.

Ao viver dessa maneira, uma pessoa fica mais tranquila, pois sabe que, se algum imprevisto acontecer, ela terá como resolver. Logo, usar os recursos de forma inteligente proporciona mais qualidade de vida.

Isso não significa que você precise abandonar o sonho de adquirir uma casa própria ou um carro. Mas é preciso saber avaliar a sua capacidade de pagar pelo bem sem prejudicar o orçamento pessoal. Com essa consciência, é possível crescer, conquistar os objetivos e ainda manter a sua qualidade de vida.

Como equilibrar a saúde financeira e a qualidade de vida?

Se você ainda tem dúvidas de como manter uma vida confortável e realizar os seus sonhos com responsabilidade financeira, fique atento às dicas que separamos abaixo.

Cuide da sua saúde

Ter uma vida saudável contribui muito para a qualidade de vida. Por isso, procure manter uma rotina de atividade física. Pode ser uma simples caminhada três vezes por semana ou as atividades propostas em academias.

Também é importante manter uma alimentação saudável, incluindo a ingestão de frutas, verduras e demais produtos frescos e naturais. Procure evitar itens industrializados, o excesso de álcool ou o tabagismo, pois isso interfere na sua saúde em médio e longo prazo. Consequentemente, os problemas de saúde podem gerar perda de qualidade de vida e preocupação financeira.

Procure se atualizar

O sucesso profissional e pessoal depende muito de como você se dedica ao seu trabalho e ao seu aprimoramento. Por isso, é necessário se manter atualizado sobre o mercado em que atua, procurando cursos, workshops e livros sobre temas relevantes para sua área.

Esse hábito de buscar o conhecimento também vai ajudá-lo a ter qualidade de vida, uma relação mais harmoniosa com o seu dinheiro e ainda abrirá portas para você conquistar uma posição melhor de trabalho para aumentar a renda.

Cuide dos seus relacionamentos

Manter um bom relacionamento com a família e os amigos também serve de impulso para uma vida mais feliz e tranquila. Muitas pessoas “descarregam” os seus problemas nessa área no excesso de comida ou nas compras por impulso, o que pode levar a complicações financeiras no futuro. Além disso, são os amigos e os familiares que estarão por perto para ajudá-lo nos momentos de dificuldade.

Acompanhe o seu orçamento

Outro fator importante para manter a sua qualidade de vida é a forma como administra o seu dinheiro. Procure conhecer a sua renda mensal e separar as suas despesas por áreas da sua vida: alimentação, transporte, aluguel, cuidados pessoais, desenvolvimento pessoal, realização de objetivos e economia. Isso vai ajudá-lo a ter responsabilidade financeira, evitando gastos desnecessários. Os aplicativos também podem ser uma "mão na roda" nesse sentido.

Além disso, ao conhecer a sua renda mensal, é possível determinar um valor mínimo a ser poupado todos os meses, como forma de ter um recurso disponível para emergências ou dar entrada naquele bem que sempre desejou.

Já deu para perceber que ter uma responsabilidade financeira é a melhor forma de manter a sua qualidade de vida, correto? Portanto, lembre-se de acompanhar as suas finanças e traçar planos em médio e longo prazo.

Quer saber mais como dar os próximos passos para cuidar bem do seu dinheiro? Veja o post que preparamos: “A importância de saber mais sobre finanças pessoais”. Boa leitura!

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.