Entenda como é feita a avaliação de carros para o financiamento

A avaliação de carros é a melhor alternativa para fazer um planejamento adequado e cumprir com o pagamento de cada parcela ao longo do tempo.

Categoria: Financiamento de Veículos

A compra de um automóvel é um objetivo em comum para muitos brasileiros, não é mesmo? Além disso, é natural que quem tenha essa meta se programe para adquirir o veículo de uma forma que se encaixe no seu orçamento, certo? Uma das alternativas é realizar um financiamento, mas como é feita a avaliação de carros para definir os valores do contrato?

Especialmente quando se trata de um veículo seminovo, é ainda mais importante ficar de olho em alguns fatores para conseguir as melhores condições de financiamento. Mas quais são esses pontos que precisam ser analisados e como eles afetam o valor final do contrato? A preparação vai ser fundamental para não se complicar economicamente.

O que acha, então, de esclarecer todas essas dúvidas e de entender como funciona a avaliação de carros para o financiamento? Assim, você aumenta as chances de fazer um bom negócio! Continue a leitura deste artigo para entender tudo sobre o assunto!

Como saber o valor do financiamento?

Você provavelmente já sabe qual é o modelo do veículo que quer comprar, até mesmo um valor total em mente do carro e qual é o preço de cada uma das parcelas a serem quitadas mensalmente, certo? Mas esse é o tipo de cenário em que você precisa ter confiança durante a negociação para ter certeza de que está fazendo o melhor negócio possível.

Dessa forma, se o que você quer é satisfação e realização ao colocar o seu novo carro na garagem, é preciso entender qual é o valor do financiamento e assegurar que cada parcela cabe no seu bolso mês após mês. E a melhor maneira de ter todas essas respostas é realizando uma minuciosa avaliação do veículo a fim de saber qual é o valor final a ser pago e as condições.

Como é feita a avaliação de carros?

Cada instituição tem as suas condições na hora de realizar a avaliação de carros para financiamento. Mas é natural que alguns fatores em comum façam parte de qualquer análise antes da apresentação de uma proposta. Confira, então, quais são os pontos aos quais você precisa ficar atento.

Tabela FIPE

O primeiro elemento que deve fazer parte da sua busca é a tabela Fipe. A sigla para Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas é a organização responsável por fazer pesquisas regulares sobre a avaliação dos mais variados tipos de veículos no Brasil. Trata-se de uma referência utilizada não apenas por quem quer saber mais detalhes antes de fazer compra e venda de veículos, mas por instituições financeiras também.

A tabela basicamente apresenta quais são os preços médios de cada modelo no Brasil, o que ajuda a entender se a avaliação feita é realmente interessante e a acompanhar os valores praticados em todo o segmento. Nessa tabela, são considerados fatores como marca, modelo e até mesmo ano do veículo, mas ainda é preciso analisar outros fatores externamente.

Quilometragem

Esse é um forte indicador de qual foi o uso do veículo até o momento. Claro que não se trata de um número definitivo, mas oferece uma indicação melhor sobre qual é o estado do carro. Afinal, quanto mais quilômetros rodados, maior é o desgaste ao longo do tempo, não é mesmo? O veículo pode até ter condições muito boas, mas esse dado representa um ponto de atenção para você.

Estado de conservação

Por último, entra a análise do estado de conservação do veículo. Afinal, quais são as condições daquele veículo? É um carro sinistrado ou está sem amassados ou problemas maiores? Tudo isso é analisado nessa última etapa, que realiza um pente fino para identificar, de fato, o estado do automóvel e qual é o valor mais justo considerando a depreciação dele ao longo do tempo.

Sempre que um veículo deixa a sua concessionária, ele já está perdendo valor de mercado, mas existem alguns motoristas mais cuidadosos e outros que não ligam tanto para a manutenção do veículo. A ideia nesta etapa é entender como o automóvel foi preservado ao longo dos anos e se o valor que está na tabela FIPE é justo ou não.

Por que fazer a simulação do financiamento?

Por que correr o risco de assinar um contrato que não é o mais vantajoso para você se é possível analisar melhor as condições apresentadas e assinar apenas a melhor proposta? É exatamente por isso que você precisa realizar uma simulação do financiamento do seu veículo. Afinal, é a melhor maneira de entender quais são as condições e as parcelas que precisam ser quitadas.

O objetivo é justamente ter uma visão mais clara de como o financiamento vai afetar a sua rotina. O valor da mensalidade vai caber no seu orçamento? Quais são as exigências de entrada? Todas essas questões devem ser analisadas antes de tomar qualquer decisão, pois você também vai entender se o valor estipulado no contrato é realmente justo para as condições do veículo.

Em resumo, a simulação do financiamento garante que você encontre as melhores condições apresentadas para você. E o mais importante: oferece a confiança — muito por conta da quantidade de informações que você vai ter em mãos — para fazer negociações mais positivas para o seu bolso. Trata-se, portanto, de um trabalho prévio valioso para aumentar as chances de fazer negócio.

A avaliação de carros para um financiamento é fundamental para quem deseja realizar os seus objetivos, mas não quer abrir mão da segurança e da sua proteção financeira. É a melhor alternativa para entender melhor sobre os valores envolvidos, as condições apresentadas e se a proposta final é realmente atrativa para o seu orçamento disponível para a aquisição do veículo.

Agora que você já sabe como funciona a avaliação de carros e como é fundamental fazer a simulação do financiamento antes de assinar qualquer contrato, o que acha de conhecer mais sobre as condições que o banco BV oferece para você? Faça a nossa simulação gratuita e saiba tudo antes de tomar uma decisão!

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.