O que é seguro prestamista e quais são as vantagens da modalidade

O seguro prestamista garante o pagamento parcial ou total do crédito em caso de morte, invalidez ou desemprego involuntário. Explicamos a seguir!

Categoria: Seguros

Categoria: Seguros

Cartão de crédito, financiamento de veículo, empréstimo pessoal e consignado são soluções financeiras legais para realizar desejos pessoais e organizar as finanças. Mas já pensou em como você pagaria as parcelas se sofresse algum acidente e ficasse sem condição física para trabalhar? O seguro prestamista entra nesse contexto para garantir a quitação ou a amortização da dívida.

A gente nunca espera que coisas ruins aconteçam na nossa vida, né? A questão é que todos estamos expostos a riscos diariamente. Contar com um seguro de proteção financeira é importante para ter mais tranquilidade e segurança em caso de imprevistos como desemprego involuntário, invalidez temporária ou permanente e morte.

Ficou interessado pelo assunto e quer entender melhor o que é seguro prestamista e como ele funciona? Então, continue a leitura, pois vamos explicar tudo sobre o assunto.

Como funciona o seguro prestamista?

Também conhecido como seguro de proteção financeira, ele garante o pagamento total ou parcial de algumas dívidas em caso de imprevistos que te impeçam de cumprir com suas obrigações.

Imagine uma situação de desemprego involuntário, por exemplo. Sem renda, você ficaria sem condições de arcar com suas dívidas, não é mesmo? Ao contratar o seguro prestamista, a seguradora fica responsável por pagar as contas por um determinado período. Legal, né?

Quem pode contratar?

Qualquer pessoa com idade entre 18 e 70 anos em perfeitas condições de saúde e em plena atividade profissional. No entanto, como o prestamista é atrelado a alguma modalidade de crédito, para ter direito à proteção, é necessário estar com contrato vigente de:

- financiamento de veículo: carro, moto ou veículos pesados;

- crédito com veículo em garantia;

empréstimo pessoal ou consignado;

- cartão de crédito.

Além disso, como o seguro protege a solução de crédito, existe um produto específico para cada uma das modalidades citadas acima.

Quais situações são cobertas pelo seguro prestamista?

No geral, o seguro prestamista protege a solução financeira em caso de morte, desemprego involuntário e incapacidade permanente ou temporária do contratante. O valor da indenização e a quantidade de parcelas pagas dependem do que está previsto em contrato. A seguir, vamos explicar melhor cada um desses eventos. Olha só!

Desemprego involuntário

Perder o emprego significa perder renda. Daí fica difícil arcar com as obrigações financeiras, não é mesmo? Com um seguro prestamista você terá a garantia de pagamento de algumas prestações do empréstimo, financiamento ou saldo devedor do cartão de crédito se for demitido sem justa causa e tiver 12 meses ininterruptos de carteira assinada (CLT), com o mesmo empregador, e jornada mínima de 30 horas semanais.

Incapacidade física total e temporária

Essa é uma cobertura interessante para profissionais liberais e autônomos. Afinal de contas, os ganhos dessas pessoas dependem da produtividade. Se o trabalhador sofrer um acidente que cause incapacidade temporária, ficará sem renda. O seguro proteção financeira paga algumas parcelas durante o período de recuperação.

Invalidez permanente total por acidente

Em caso de invalidez total e permanente — como perda total da visão e danos incapacitantes dos membros superiores e inferiores —, o seguro quita o saldo devedor até o limite previsto no contrato.

Morte natural ou acidental

Pensar em morte não é nada agradável, concorda? Mas é o curso natural da vida. Então, é legal se preparar para não deixar os familiares desamparados e com dívidas. Nesse contexto, o seguro prestamista quita o financiamento — até o limite previsto no contrato — e garante tranquilidade para os herdeiros.

Quais são as vantagens do seguro proteção financeira?

A contratação do seguro prestamista é opcional. No entanto, proteger a solução de crédito contratada é legal porque garante segurança para as suas finanças. A seguir, listamos alguns motivos para ter um seguro prestamista. Veja!

Segurança em caso de imprevistos

Até mesmo a pessoa mais organizada do mundo não está livre do fator surpresa. Imprevistos acontecem com qualquer um, e o seguro prestamista garante a quitação ou a amortização de dívidas em caso de incidentes.

Proteção para financiamentos

Já imaginou perder todo o investimento feito em um financiamento por não conseguir pagar as parcelas? Dói só de pensar, não é mesmo? Assim como os seguros de automóvel, a proteção financeira é interessante para resguardar seu patrimônio.

Preservação de bens

Imagine a morte de uma pessoa que paga o financiamento de um carro. Você sabe o que aconteceria com o bem nessa situação? Ou os herdeiros assumem a dívida, ou perdem o veículo para a financeira. Mas para quem tem seguro prestamista é diferente. Nesse caso, a seguradora paga o saldo devedor e os familiares ficam com o bem já quitado.

Redução dos riscos de inadimplência

Não importa o motivo: se você não pagar suas dívidas, ficará com o nome sujo. É uma situação desagradável que prejudica tanto a saúde financeira quanto o bem-estar físico e mental. O seguro prestamista reduz os riscos de inadimplência, uma vez que a seguradora se responsabiliza pelas parcelas do empréstimo, do financiamento ou pelo saldo devedor do cartão de crédito em determinadas situações.

Como acionar o seguro prestamista?

Primeiramente, você precisa conferir o período de carência. Em caso de morte, por exemplo, geralmente o seguro pode ser acionado logo após a assinatura do contrato.

Entretanto, quando o assunto é desemprego involuntário e incapacidade temporária, é comum ter que esperar um prazo para a cobertura começar a valer. Então, lembre-se de dar uma olhadinha no contrato para entender esses pontos, combinado?

Depois de conferir os detalhes, você tem certeza de que o evento é coberto e de que já passou o período de carência? Então, não tem mistério: basta entrar em contato com a seguradora para avisar sobre o incidente. O processo é bem simples e parecido com o aviso de sinistro do carro. É só seguir as orientações da seguradora e acompanhar o processo.

O seguro prestamista é interessante para preservar seus bens, evitar a inadimplência e ter mais segurança em caso de imprevistos. E a contratação é bem fácil, viu? Assim que você adquire alguma modalidade de crédito, a financeira oferece a opção de pagar pelo seguro junto. A adesão é facultativa, mas, se você aceitar, terá uma proteção financeira para garantir maior tranquilidade no dia a dia.

Gostou da ideia e quer contratar o serviço? Então, conheça o prestamista do BV. Por aqui, nós o chamamos de seguro proteção financeira, que é a mesma coisa.

Através do nosso blog você tem acesso às informações atualizadas e relevantes do mercado financeiro. No entanto, as informações aqui apresentadas têm como única intenção o caráter informativo, estando baseadas em dados de conhecimento público, não significando, portanto, quaisquer compromissos por parte do Banco BV e não constituem uma obrigação ou um dever para o leitor. O conteúdo disponibilizado é elaborado por terceiros e publicado pelo Banco BV. O Banco BV e suas empresas coligadas se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material e de seu conteúdo. Dúvidas, sugestões e reclamações, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 728 0083 ou pelo e-mail sac@bv.com.br. Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661. Se desejar entrar em contato com a Ouvidoria, ligue para 0800 707 0083 (Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661).

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.