Big Data no RH: entenda a importância da implantação no setor!

O Big Data nasce da busca por soluções para lidar com a produção desenfreada de dados no ambiente digital. Para o RH, as soluções de automação visam aproveitar da melhor forma a grande quantidade de informações geradas pelo setor.

Categoria: Crédito Consignado Privado

As empresas tiram proveito de vários benefícios com as ferramentas de Big Data no RH. É uma oportunidade para otimizar o armazenamento de dados, agilizar tarefas administrativas e alinhar a performance das equipes com os objetivos de uma empresa.

Embora o conceito tenha se tornado uma tendência em diferentes áreas do meio corporativo, o Recursos Humanos ainda é um exemplo de área na qual ele é pouco explorado. Contudo, é um cenário que tende a mudar, com cada vez mais profissionais reconhecendo a importância do Big Data para o setor. Saiba mais logo abaixo!

O que é Big Data?

O Big Data é o conjunto de práticas e ferramentas usadas para armazenar, organizar e oferecer suporte para a interpretação de um número imenso de dados extraídos de várias fontes. É um conceito que nasceu da busca por soluções que pudessem dar conta da produção desenfreada de dados a cada segundo no ambiente digital.

Ele é direcionado para a extração de dados úteis que podem ser usados para melhorar processos, mapear perfis de profissionais para cargos e vagas de trabalho, entre outras estratégias empresariais.

Não se trata apenas de armazenar informações sem conexão umas com as outras. As ferramentas de Big Data visam aproveitar o acúmulo de informações para extrair o que pode ser usado para gerar novos insights. Um jeito mais fácil de entender esse conceito é a partir dos seus cinco princípios — os 5 Vs. Saiba mais!

Volume

A tecnologia do Big Data lida com um volume imenso de dados produzidos a cada segundo. Apenas nas redes sociais são milhões de mensagens trocadas e conteúdos compartilhados. Dentro de uma empresa, o fluxo de produção também é intenso nos diferentes setores.

Velocidade

A velocidade da produção de dados torna o monitoramento impossível de maneira manual, sem ajuda de softwares. São ações realizadas a cada segundo ou milissegundos, que precisam de ferramentas para analisá-las no momento em que são criadas e armazená-las na nuvem;

Variedade

A variedade se refere aos diferentes formatos de dados produzidos a cada instante. É um contexto diferente de 10 ou 20 anos atrás, quando as informações de clientes, colaboradores e fornecedores, por exemplo, poderiam ser reunidas em tabelas e planilhas.

Com a tecnologia do Big Data, mensagens, fotos, vídeos, imagens e áudios podem ser armazenados e organizados da mesma forma que os dados mais tradicionais.

Veracidade

Um detalhe importante de qualquer informação é que ela seja verdadeira. Por isso, o cuidado de verificar a veracidade garante que as empresas trabalhem com base nos fatos para identificar problemas e encontrar soluções confiáveis. Com o Big Data, fica mais fácil identificar informações equivocadas em meio a grandes volumes de dados.

Valor

O último V do Big Data se refere ao valor dos dados, ou seja, a relevância que eles desempenham para a empresa. De nada adianta coletar milhares de informações a cada segundo se elas não agregam valor para os processos internos, colaboradores ou as metas da empresa.

Qual é a importância do Big Data no RH?

Na área de Recursos Humanos, dados úteis para as empresas podem ser extraídos de várias fontes, como documentos, planilhas, sistemas e processos internos. Por isso, o Big Data no RH nada mais é que aproveitar da melhor forma a grande quantidade de informações geradas pelo setor. São usadas ferramentas de automação de processos para alcançar esse objetivo.

Podemos dizer que a tecnologia do Big Data serve para permitir ao RH cumprir sua função com os melhores resultados possíveis. Afinal, estamos falando do setor responsável pelo processo de recrutamento e seleção de candidatos, treinamento, propostas para garantir a saúde mental, engajamento, retenção de talentos.

Por exemplo, a capacidade de armazenar, segmentar e interpretar dados sobre as necessidades, reclamações e preferências dos colaboradores facilita a criação de uma política de benefícios, planos de carreira, investimento em treinamentos e capacitação contínua. Para mais vantagens, leia o próximo tópico!

Quais são as vantagens do Big Data no RH?

Vimos que investir na tecnologia do Big Data também pode significar melhorar os resultados com a gestão de pessoas. A seguir, reunimos as principais vantagens do Big Data no RH.

Retenção de talentos

Melhorar a retenção de talentos é um das tarefas mais desafiadoras em Recursos Humanos, pois empresas com altas taxas de turnover (rotatividade) acabam gastando mais do que deveriam com funcionários que não permanecem em suas equipes por muito tempo.

Com o Big Data, os profissionais de RH encontram uma solução para esse problema. A capacidade de analisar dados permite aos gestores encontrar padrões entre os funcionários que não são "retidos". Assim, chega-se a um perfil que reúna as características necessárias de um profissional que possa permanecer na empresa.

Inteligência nos processos de recrutamento e seleção

A tecnologia do Big Data permite que os profissionais de RH cruzem dados de diferentes fontes para encontrar os perfis certos para as vagas de trabalho, como cadastros em sites de emprego, LinkedIn e bancos internos.

É importante se basear nas necessidades e objetivos da própria organização na hora de recrutar e selecionar candidatos, e não se concentrar em fatores determinados por outras empresas.

Avaliação de desempenho e treinamentos

O Big Data também pode ajudar a garantir uma avaliação precisa dos funcionários de uma organização, inclusive por meio de metas corporativas, como o e-NPS. No setor industrial, por exemplo, as ferramentas de Big Data podem ajudar o RH a identificar os funcionários que mais evitam desperdícios, mais produzem peças ou recebem boas avaliações de seus superiores diretos.

Graças ao Big Data no RH, as empresas podem tirar o máximo de proveito dos dados gerados pela gestão de pessoas. Para a implementação, é possível recorrer a diversos níveis de soluções: as mais simples, como ferramentas de armazenamento da nuvem, até as mais elaboradas, como os softwares específicos que centralizam os processos do setor e automatizam tarefas burocráticas.

Aproveite a leitura deste conteúdo e nos siga nas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube e no Spotify.

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.