5 motivos para pedir empréstimo pessoal

Entenda o que é e veja o que prestar atenção para não comprometer o seu orçamento

Categoria: Crédito

Categoria: Crédito

Imagine a seguinte situação: um ente querido precisa de tratamento médico com muita urgência, mas ele não tem plano de saúde. Para piorar, os custos desse tratamento são altos. No mundo ideal, falta de dinheiro nunca seria problema. No entanto, na vida real, não é assim que funciona. Na situação descrita acima, uma saída pode ser pedir empréstimo pessoal.

Pedir empréstimo pessoal é uma solução para resolver situações de emergência. Porém, para o bem das suas finanças, é preciso ter atenção para não comprometer o orçamento. Entenda o que é e confira 5 motivos para pedir empréstimo pessoal!

O que é empréstimo pessoal

O empréstimo pessoal é uma modalidade em que bancos e financeiras emprestam dinheiro para pessoas físicas para diversos fins. Ou seja, você não precisa justificar como utilizará o dinheiro.

Para solicitar, basta fazer uma simulação junto às instituições financeiras da quantia que necessita e ter acesso às parcelas fixas mensais que terá que pagar.

Um dos diferenciais do empréstimo pessoal é que não há a necessidade de oferecer nenhum tipo de garantia, como imóvel ou carro, para conseguir o dinheiro emprestado. Para aprovar o empréstimo, as instituições financeiras consideram pontos como histórico de pagamento, situação do nome do consumidor, entre outros fatores.

Motivos para pedir empréstimo pessoal

Por não exigir que o dinheiro seja usado para um fim específico, o empréstimo pessoal é usado como alternativa para resolver alguma situação de emergência. Confira!

1. Reforma de casa

Um dos motivos que leva a pessoa a pedir empréstimo pessoal é a necessidade de realizar uma reforma emergencial em casa.

Algumas situações podem forçar uma mudança de última hora no seu lar: uma exigência da prefeitura, uma chuva que causou danos, algum problema mais grave na tubulação e na parte elétrica, entre outros. Pedir empréstimo pessoal pode ser a solução.

2. Investimento em educação

A oportunidade de fazer uma faculdade, pós-graduação ou curso ajuda a impulsionar a carreira.

Mas esse é um passo que deve ser planejado. Ou seja, o investimento em educação não se encaixa de fato no conceito de emergência, motivo pelo qual existem outras opções ao empréstimo pessoal para esses casos.

3. Viagem

Surgiu a oportunidade de fazer uma viagem incrível com os amigos ou com a família, mas você não consegue arcar de imediato com todos os custos? O empréstimo pode ser a saída.

Além de cobrar juros mais baixos do que o rotativo do cartão de crédito, a modalidade permite que você se planeje para pagar as parcelas até mesmo antes da tão sonhada viagem.

4. Gastos inesperados

Uma doença na família, um carro quebrado ou a necessidade de levar o cachorro ao veterinário. Infelizmente, gastos inesperados fazem parte do dia a dia de todos.

O empréstimo pessoal pode ser a melhor solução caso surja uma despesa que não foi prevista, mas não pode esperar. Além de ser rápido de solicitar, se aprovado, o dinheiro não demora a cair na sua conta.

5. Pagar débitos mais altos

Outro motivo para pedir empréstimo pessoal é poder pagar débitos que cobram juros mais altos, como cartão de crédito e cheque especial. Se você precisa quitar uma dessas modalidades, recorrer ao empréstimo vale a pena. Além de pagar juros mais baixos, você pode se planejar para pagar as parcelas no seu tempo.

O que fazer antes de solicitar o empréstimo

Pedir empréstimo pessoal é uma solução fácil e acessível para quem precisa de dinheiro para motivos diversos. No entanto, é importante que isso não se torne um hábito. Pegar empréstimo deve ser algo bem pensado e calculado para que você não tenha uma dor de cabeça no futuro. Veja o que fazer antes de solicitar o empréstimo!

Analisar todas as despesas da família

O primeiro passo antes de pedir um empréstimo é analisar todas as despesas da família para ter certeza de que conseguirá pagar todos os meses o valor que pediu emprestado. Pode ser necessário ter que cortar alguns gastos supérfluos ou reduzir despesas para manter o orçamento em dia.

Definir uma parcela que não comprometa demais o orçamento

Depois de analisar as despesas da casa para fazer alguns ajustes e garantir que conseguirá pagar o seu empréstimo, é preciso definir uma parcela que não comprometa demais o orçamento.

O ideal é que a parcela do seu empréstimo não ultrapasse 15% da sua renda líquida mensal, caso não tenha outras dívidas. Se tiver, o valor somado não pode ultrapassar essa porcentagem.

Muitas pessoas querem quitar mais rápido o empréstimo e acabam se comprometendo com parcelas muito acima do que podem pagar por mês. Não cometa esse erro. É melhor levar mais tempo para pagar e escolher uma parcela que caiba no orçamento da sua família.

Buscar uma instituição financeira confiável

Um cuidado importante antes de solicitar o empréstimo é garantir que a instituição financeira é confiável. Fuja de empresas que exijam pagamento adiantado ou não são conhecidas no mercado. Prefira sempre financeiras com um bom tempo de atuação e de maneira nenhuma deposite dinheiro em conta-corrente de terceiros. Pode ser golpe!

Pedir empréstimo pessoal é uma alternativa a ser considerada por quem tem que lidar com uma emergência inesperada. Além de fácil e rápido, você pode se planejar para pagar suas parcelas mensalmente.

Antes de solicitar seu empréstimo, no entanto, faça uma análise nas despesas da família e considere o valor das parcelas no seu orçamento. Além disso, procure uma empresa confiável, com tempo de mercado, para não correr o risco de cair em golpes.

Pensa em pedir um empréstimo pessoal? Então, não deixe de entrar em contato agora mesmo com a BV e veja como podemos apoiar você na realização dos seus sonhos!

Atendimento BV