Como a Internet das Coisas viabiliza as Smart Cities?

Você já ouviu falar sobre as Smart Cities? Não? Saiba como a Internet das Coisas pode viabilizar essa mudança na sua cidade.

Categoria: Inovação

Categoria: Inovação

Para quem já fez muitas viagens internacionais ou planeja fazer um intercâmbio e sempre procura por informações de regiões mundo afora, a evolução das cidades é uma realidade, não é mesmo? Mudanças acontecem cada vez mais rapidamente nos centros urbanos e muitas delas por conta da tecnologia. E é exatamente por isso que você precisa entender como a Internet das Coisas viabiliza as Smart Cities.

Isso mesmo, é a tecnologia e a inovação que permitem a evolução das cidades em centros urbanos mais eficientes, sustentáveis e atrativos. O que acha, então, de conhecer um pouco mais sobre como esses dois conceitos se relacionam e o impacto deles na sustentabilidade? Continue a leitura deste artigo e descubra!

O que é IoT?

Antes de mais nada, é preciso entender o conceito de Internet das Coisas: trata-se um sistema que conecta diferentes dispositivos por meio da internet. A partir dessa maior conexão entre variadas ferramentas, é possível estruturar um fluxo de trabalho muito mais integrado e eficiente.

Utilizando a Inteligência Artificial, esse sistema conectado não necessita da intervenção humana para realizar ajustes, correções ou melhorias ao longo de um processo. Dentro de uma fábrica com uma linha de produção com cinco máquinas, por exemplo, todas elas vão se comunicar constantemente, garantindo que todo o sistema atinja um alto nível de performance.

O IoT representa a evolução da Inteligência Artificial, já que não restringe a capacidade de interpretar informações a apenas uma máquina. São várias dessas mesmas máquinas que se conectam e conseguem se comunicar entre si. Com a quantidade cada vez maior de informações e dados relevantes gerados, é um conceito que se torna essencial para uma maior eficiência e precisão.

O que são Smart Cities?

As Smart Cities são cidades que se desenvolvem a partir da implementação da tecnologia em diferentes áreas e setores. Como o termo indica, com o uso de inovações e ferramentas tecnológicas, as cidades se tornam mais inteligentes, facilitando a rotina dos seus moradores e contribuindo para um crescimento sustentável e saudável daquele centro urbano.

Já imaginou quanto tempo — e recursos — seriam economizados se o pagamento do estacionamento em vias públicas fosse totalmente digitalizado? Ou até se o sistema de trânsito de uma cidade fosse conectado com o horário de trabalho de empresas da região? Todo o fluxo de carros poderia ser adaptado de acordo com os horários para que os congestionamentos não acontecessem.

O conceito de Smart Cities também pode ser aplicado no setor financeiro, com diferentes instituições se comunicando por meio de um mesmo sistema, capaz de centralizar todas as informações de maneira segura e prática. Em resumo, as cidades inteligentes são aquelas que utilizam a tecnologia em diferentes campos para oferecer soluções eficientes e sustentáveis para seus moradores.

Como as Smart Cities se relacionam com a Internet das Coisas?

Com a explicação desses dois conceitos, fica mais fácil compreender como Smart Cities e Internet das Coisas se relacionam, não é mesmo? Um precisa do outro para existir e funcionar com precisão. Afinal, é necessário que diferentes sistemas inteligentes se conectem e troquem informações entre si para que todos os exemplos listamos acima possam ser colocados em prática.

Ou seja, as Smarts Cities dependem da implementação do conceito de Internet das Coisas em organizações, instituições e sociedade como um todo. São os avanços e inovações que vão permitir a adoção de processos mais eficientes dentro da realidade de uma cidade. Em resumo, IoT é o viabilizador do conceito das cidades inteligentes.

E com a sustentabilidade?

Tecnologia e inovação também significam mais sustentabilidade. Uma cidade com uso mais inteligente dos seus recursos elétricos — o que seria possível com o monitoramento do uso de energia em edifícios, espaços públicos e estabelecimentos —, por exemplo, se torna mais sustentável. Menos congestionamentos nas ruas e avenidas podem representar menor emissão de gases poluentes na atmosfera.

As Smarts Cities, como o nome indica, representam cidades que sabem utilizar melhor os seus recursos naturais, financeiros e humanos. Tudo isso por meio da tecnologia e da inovação — que pode acontecer a partir da IoT. Em resumo, os três conceitos estão conectados e contribuem, portanto, para centros urbanos sustentáveis.

Quais são os impactos das Smart Cities?

Mas, afinal, quais são os impactos das Smarts Cities na realidade de empresas e população?

Energia

As Smarts Cities permitem que as cidades realizem um gasto mais inteligente com energia. De acordo com a época do ano e as condições climáticas, é possível calcular quanto das energias renováveis vai ser utilizado, por exemplo. Todo esse planejamento resulta em economias significativas não apenas para os cofres de um município, mas também para o meio ambiente.

Eficiência de serviços públicos

Com a conexão entre diferentes sistemas públicos da cidade, a famosa burocracia é reduzida consideravelmente. O que representa não só economia de tempo e recursos financeiros, mas também maior qualidade de vida para a sua população. Com mais dinheiro disponível, mais investimentos podem ser feitos em setores que tornam a cidade ainda melhor.

Mobilidade

A circulação de veículos nas ruas e estradas de uma cidade pode ser pensada de maneira mais inteligente com a utilização da tecnologia. Os diferentes sistemas conectados permitem uma troca de informações que facilitam o controle de tráfego para, por exemplo, reduzir os congestionamentos. O que contribui para a qualidade de vida da população, além de reduzir a poluição.

Em um cenário em que a sociedade cobra por mais inteligência na hora de utilizar os recursos disponíveis — sejam eles naturais ou não —, é muito importante que as grandes cidades se desenvolvam a partir da tecnologia sustentável. Assim, é possível construir centros urbanos que aliem sustentabilidade e qualidade de vida para todos que dividem aquele espaço.

Agora que você já sabe mais sobre as Smart Cities e como elas podem contribuir para a criação de uma sociedade muito mais sustentável, o que acha de fazer com que mais pessoas se familiarizem com o conceito? É muito simples: compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais!

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.