Busca Categorias

Descubra mais conteúdos

Publicado em

22/12/22 09:00

por

Equipe BV Inspira

Diferença entre empréstimo e financiamento: qual escolher?

Sabia que existe diferença entre empréstimo e financiamento? Empréstimos e financiamentos são linhas de crédito, porém com finalidades e processos diferentes. No financiamento, o dinheiro deve ser utilizado na compra de algo específico, como carros, imóveis ou equipamentos eletrônicos. Já o empréstimo pode ser utilizado em qualquer situação, inclusive para cobrir despesas inesperadas.

Conhecer a diferença entre empréstimo e financiamento é importante, já que, dependendo da maneira como você for usar o dinheiro, pode ser mais vantajoso recorrer a uma linha de financiamento ou de empréstimo.

Por isso, acompanhe a leitura abaixo e confira que a diferença entre empréstimo e financiamento já começa no momento da negociação e contratação.

O que é financiamento e empréstimo?

Os empréstimos e financiamentos são maneiras de conseguir um dinheiro emprestado por instituições financeiras. Portanto, os financiamentos e empréstimos são linhas de créditos que podem ser liberadas após diferentes análises de perfil do cliente e o valor é devolvido pela pessoa em parcelas. Cada banco possui seus próprios critérios e condições para realizar esse processo.

Tipos de financiamentos e empréstimos

Além disso, os financiamentos e empréstimos possuem diferentes tipos e cada um é recomendado para situações distintas.

No financiamento, as principais linhas de crédito podem ser:

  • financiamento de veículo: é feito por CDC (Crédito Direto ao Consumidor), em que o veículo fica no nome da instituição financeira e o empréstimo é no valor do bem ou por Leasing (modalidade em que o locador adquire um bem e o concede para o seu cliente por um prazo específico mediante a um valor pago de forma periódica), no qual o automóvel financiado fica no nome do credor (no caso o banco, por exemplo) até o pagamento total das parcelas;
  • financiamento imobiliário: é um dinheiro emprestado para a compra de imóveis antigos, novos, como também para terrenos, construções ou reformas imobiliárias;
  • financiamento estudantil: é um valor emprestado mensalmente para que o credor (instituição financeira) possa pagar o Ensino Superior, ao final da graduação o estudante precisa devolver o valor investido com juros e taxas;
  • financiamento de energia solar: é possível financiar a instalação de painéis solares em residências e comércios, como alternativa para reduzir as contas de luz e incentivar o uso de energia sustentável.
Mulher sorridente de cabelos longos, vestindo avental e segurando nas mãos um leque de notas de cem reais.
Legenda: Entender a diferença entre empréstimo e financiamento é o primeiro passo para pedir seu crédito.

Também existem modalidades de empréstimo que podem contribuir para situações diferentes. Cada tipo de empréstimo tem suas vantagens e modo de contratação. Os principais tipos de empréstimo são:

  • empréstimo pessoal: é mais rápido, com menor burocracia e a relação é direta entre a instituição financeira e a pessoa interessada na quantia;
  • empréstimo consignado: é um empréstimo para pessoas assalariadas, aposentados, pensionistas, etc, pois é descontado automaticamente da folha de pagamento de quem solicitou o dinheiro. Os riscos e custos são menores;
  • empréstimo com garantia: é entregue um bem (celular, carro, casa, etc) como penhor para assim adquirir o valor pedido e também para a instituição ter certeza que a pessoa pagará as parcelas. Costuma ser atrativo para quem tem restrições financeiras, mas podem possuir juros mais altos, por isso vale a pena conferir cada uma das opções do mercado;
  • empréstimo FGTS: modalidade de crédito em que acontece a antecipação do saque-aniversário por uma instituição financeira. Aqui, as parcelas são debitadas direto do fundo de garantia, logo, não saem diretamente da sua receita mensal.

Qual a diferença entre empréstimo e financiamento?

Como vimos, apesar de financiamentos e empréstimos serem linhas de crédito e serem maneiras de emprestar um certo valor para pessoas ou organizações, eles possuem diferenças.

A diferença entre empréstimo e financiamento já começa na situação em que cada um é utilizado e no modo de contratação. Confira:

Empréstimo

A principal diferença entre empréstimo e financiamento começa na contratação. O empréstimo, em geral, têm um processo de liberação mais rápido, pois alguns deles podem ser pré-aprovados.

Ou seja, no momento em que se inicia o relacionamento com uma instituição financeira, será pedido seus dados pessoais, financeiros e a comprovação de renda, para que seu limite possa ser definido na hora e o empréstimo ficar disponível para você utilizar quando precisar.

Além disso, outra diferença entre empréstimo e financiamento é que o primeiro costuma ser usado para qualquer tipo de situação, sendo disponibilizado rapidamente para retirada. Alguns exemplos de linhas de empréstimos são o cheque especial, o rotativo do cartão de crédito e o empréstimo pessoal.

Os juros de empréstimo costumam ser mais altos do que nos financiamentos. O empréstimo consignado, o empréstimo FGTS e o com garantia, são as opções que oferecem as melhores taxas e maior segurança às pessoas.

Mulher sorridente sentada no chão de sua casa nova e segurando as chaves do imóvel na mão.
Legenda: Existem uma diferença entre empréstimo e financiamento também nos tipos e em como são usados.

Financiamento

Já nessa linha de crédito a diferença entre empréstimo e financiamento começa no seu objetivo. Os financiamentos são destinados à compra de um bem específico, como um veículo, imóvel, parcelas da Universidade ou utilitários.

A obtenção do financiamento é um pouco mais detalhada que o empréstimo, pois, além da análise de empréstimo normal, é feita uma análise específica em que a instituição avalia se a documentação do bem a ser adquirido está em ordem e se o valor solicitado está compatível com a renda do cliente e o preço de mercado.

Outra diferença entre empréstimo e financiamento é que no processo de financiamento, quando sua renda não for suficiente, há a possibilidade de compor renda com familiares. Com isso, fica mais fácil conseguir a aprovação para um financiamento de alto valor por um longo período.

Além disso, o bem financiado é dado como garantia, isso significa que, enquanto as parcelas estão sendo pagas, ele é propriedade da instituição financeira, mas o direito de uso é seu. Quando o contrato é quitado, a propriedade é transferida a quem contratou o financiamento.

Em caso de inadimplência, o bem pode ser vendido e usado na quitação da dívida. O negócio pode parecer arriscado para o cliente, mas é importante ter consciência que essa garantia faz com que os juros dos financiamentos sejam mais baixos.

Outra forma de obter recursos é aquela em que você oferece um bem quitado em garantia para obter uma taxa de juros reduzida, é o caso do Empréstimo com Veículo em Garantia BV. Essa modalidade pode ser considerada uma combinação entre as duas linhas de crédito, apesar da diferença entre empréstimo e financiamento.

Isso porque é você quem decide como pretende usar o dinheiro, mas a aprovação e a contratação são semelhantes ao financiamento, pois além de o bem ser usado como garantia, permite compor uma ou mais rendas e o processo de análise é mais detalhado.

Quem tem financiamento pode fazer empréstimo?

Mulher sorridente de cabelos castanhos curtos, apoiada no beiral de uma janela fechada enquanto digita no celular.
Legenda: Mesmo com a diferença entre empréstimo e financiamento, algumas contratações são compostas pelos dois.

Sim! É possível que quem já tenha um financiamento consiga um novo empréstimo. Porém, antes, será preciso que o cliente esteja em dia com os pagamentos e prove que a sua renda mensal possa comportar as parcelas de um novo tipo de crédito.

A partir da solicitação de um novo financiamento ou empréstimo, a análise das parcelas do empréstimo existente será feita com o intuito de verificar se há pagamentos atrasados, renda mensal suficiente e o comprometimento do cliente naquela instituição.

Caso a soma dos empréstimos e financiamentos exceda 30% da renda mensal ou exista alguma inadimplência atribuída ao CPF do cliente, o valor pedido será negado pela instituição financeira.

Quer conferir mais conteúdos sobre empréstimo e financiamento e ficar por dentro de mais dicas? Acesse nosso blog e confira a categoria “Créditos e Financiamentos”! 

Através do nosso blog você tem acesso às informações atualizadas e relevantes do mercado financeiro. No entanto, as informações aqui apresentadas têm como única intenção o caráter informativo, estando baseadas em dados de conhecimento público, não significando, portanto, quaisquer compromissos por parte do banco BV e não constituem uma obrigação ou um dever para o leitor. O conteúdo disponibilizado é elaborado por terceiros e publicado pelo banco BV. O banco BV e suas empresas coligadas se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material e de seu conteúdo. O banco BV nunca solicita o envio da sua senha. Nós não pedimos depósitos antecipados para liberação de crédito.

Descubra mais conteúdos

Fale com a gente pelo Whatsapp BV

Aponte a câmera do seu celular pro QR Code aqui em cima e tire suas dúvidas com a gente.
Aproveita e já salva o nosso número: (11) 3003-1616
Fechar