Tecnologia no RH: confira 6 exemplos do que deve ser implantado

A tecnologia no RH é um passo importante para investir em melhorias na empresa e deixá-la ainda mais competitiva no mercado por reter talentos.

Categoria: Parceiro Consignado

Categoria: Parceiro Consignado

Apostar em tecnologia no RH é um divisor de águas no crescimento da empresa. Afinal, esse setor que faz o gerenciamento de pessoas precisa de processos otimizados e benefícios flexíveis para que o negócio tenha sucesso. A grande vantagem, aqui, está em agregar valor ao desenvolvimento de talentos de maneira geral.

Muitas vezes, ao falar em tecnologia no RH, já se pensa na substituição de colaboradores por robôs ou outro tipo de tecnologia capaz de fazer os serviços no lugar dos humanos. No entanto, o foco do segmento ainda está em garantir a segurança de dados e ajudar você a escolher um time focado em tudo o que a empresa precisa.

Gostou da ideia? Siga com a gente até o final da leitura para ficar por dentro do assunto.

1. People Analytics

Uma das principais ferramentas para quem deseja um RH atualizado e moderno, como tudo deve ser hoje em dia, precisa basear o andamento do trabalho em dados. Mas agora você deve estar com a mão no queixo se perguntando o que é isso, na prática, acertei? Saiba que o People Analytics gira em torno de coletar, organizar e avaliar dados.

Tudo isso, com o objetivo de identificar quais são as expectativas dos colaboradores e seu comportamento. O segredo está em aprimorar os processos internos e fazer com que o time se sinta como parte indispensável da empresa e realmente vista a camisa. São cruzados vários dados para que os resultados sejam eficientes.

2. Redes sociais corporativas

As redes sociais tomaram conta da vida das pessoas, então, muitas marcas se perguntam se as mudanças de comportamento também trouxeram um novo jeito de trabalhar. Quando a ideia envolve tecnologia no RH e é focada em facilitar o dia a dia, as redes corporativas (RSC) ganham a cena e se destacam por impulsionar a comunicação interna.

Outra vantagem é que com esse tipo de ferramenta, conforme o público, permite o alcance das informações e o objetivo de cada projeto. Aqui, cada um do time tem seu perfil na rede e dados para contato rápido. Dessa maneira, todos têm autonomia para repassar o que achar relevante e que possa melhorar o clima organizacional.

3. Plataformas colaborativas

O RH tem amplas complexidades tanto na realização dos serviços quanto na hora de apresentar os resultados. Dentro desse contexto, as plataformas colaborativas nada mais são do que uma ajuda na hora de organizar os processos internos. Além disso, permite que a empresa utilize os serviços dos freelances com organização.

O software utilizado aqui apresenta diferentes tipos de soluções, e as empresas adaptam o que mais faz sentido conforme seu trabalho diário. Os benefícios incluem gerenciadores de tarefas, automatização de tarefas, chats instantâneos e indicadores de produtividade. Além disso, os times de sucesso permanecem integrados, mesmo quando nem todos estejam internos na empresa.

4. Utilização da nuvem

A nuvem ou cloud computing em RH faz com que as informações da empresa fiquem armazenadas em algum lugar da internet de maneira segura. É uma espécie de servidor fora da empresa que pode ser acessado remotamente de qualquer lugar. Para isso, é necessário apenas ter conexão banda larga.

O mais interessante é a função de integrar o que está armazenado na nuvem com todos os setores da empresa e o trabalho de diferentes colaboradores. Em muitos casos, isso representa a eliminação de processos manuais cansativos e que tiravam os profissionais de suas funções para apenas transcrever coisas burocráticas, por exemplo.

5. Big Data

Quem está no meio corporativo, provavelmente, já ouviu falar em Big Data. Se você não viajou em um foguete para a lua nos últimos anos, é familiarizado com o termo, mas sabe o que ele significa na prática? Calma, caso a resposta seja negativa, não se preocupe!

Até parece algo complexo de início, mas, no fundo, costuma ser bastante simples. O termo vem do inglês e significa “grande volume de dados” em tradução livre. Um bom exemplo disso para que fique mais claro é a plataforma de streaming Netflix. Em seus serviços, ela faz o cruzamento de dados com o que foi assistido pelos usuários e, a partir disso, indica opções relacionadas de programação.

Na área de Recursos Humanos existem muitos dados envolvidos: dentro de planilhas, sistemas, documentos, financeiro, software, entre outros. Assim, propriamente falando, o Big Data serve para trabalhar de maneira eficiente e inteligente esse tipo de material.

6. Tecnologias de aprendizagem

As etapas de treinamento e desenvolvimento representam verdadeiros investimentos para que a empresa cresça no mercado. Afinal de contas, contar com uma equipe bem preparada na hora de efetuar as funções, contribui para promover uma maior retenção de talentos.

Muito tem se falado sobre educação corporativa. Mas não importa qual seja o tipo de negócio, o que as empresas querem é ter à disposição o time mais capacitado e integrado possível. O grande diferencial é que todos podem ter acesso aos treinamentos e evoluir sem estar necessariamente em uma sala de aula.

As soluções, nesse caso, evoluíram para plataformas e aplicativos criados com estratégias e soluções baseadas em tecnologias variadas. Entre os principais exemplos, podemos citar:

-microlearning;

-gamificação;

-mobile learning;

-realidade virtual;

-realidade aumentada.

Esse tipo de recurso é muito útil para estreitar o relacionamento de confiança do time com a empresa. Afinal, possibilita que eles aprendam em seu próprio ritmo e a partir de uma experiência personalizada que permite, inclusive, processos dinâmicos de treinamentos feitos ao alcance das mãos, por meio do smartphone particular de cada um.

Pronto! Agora você já sabe como a tecnologia no RH traz benefícios flexíveis ao negócio e é capaz de integrar todo o time de maneira estratégica. O importante é compreender que esse processo se transforma em sinônimo de agilidade e produtividade, que faz muita diferença no aumento dos lucros e na hora de fidelizar clientes.

Gostou das informações do artigo? Então, siga a gente nas nossas redes sociais e fique por dentro de outras novidades para impulsionar o seu time de colaboradores. Estamos no Facebook, no Instagram, no YouTube e no Spotify.

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.