O que considerar antes de contratar um seguro de carro?

O seguro de carro é importante para proteger financeiramente o seu carro, mas é preciso tomar alguns cuidados ao contratá-lo

Categoria: Financiamento de Veículos

Comprar um carro pode ser uma grande realização! Por isso mesmo, é preciso proteger bem esse investimento, como ao contratar um seguro de carro. Isso vale, inclusive, se você estiver financiando o carro, pois há seguros que podem ser contratados e diluídos no valor das parcelas.

No entanto, é necessário tomar alguns cuidados na hora de buscar um para não acabar com uma apólice com uma cobertura muito limitada ou que não cobre o que você deseja. E que também não seja muito alta, prejudicando o seu planejamento financeiro.

Além disso, existem outros motivos que tornam importante a análise de um seguro para carro, como fechar negócio com uma seguradora de renome e que seja ágil para atender você em caso de sinistro.

Para ajudar a fazer uma boa escolha do seguro, selecionamos algumas dicas que podem ser úteis. Quer saber quais são elas? Só continuar lendo!

Pesquise bem antes de definir qual seguro de carro comprar

A primeira coisa a fazer é pesquisar bastante os tipos de seguro para carro que existem no mercado, a fim de contratar o que melhor atende às suas necessidades. Veja alguns:

  • seguro de roubo, furto e incêndio;
  • seguro para danos causados a terceiros — esse tipo cobre problemas gerados a outras pessoas, como danos a veículos, muros e até mesmo a pedestres;
  • seguro completo — essa modalidade inclui as duas proteções anteriores e também funciona contra acidentes de trânsito;
  • seguro garantia mecânica — é voltado para reparo de câmbio e motor caso ocorra pane ou avaria nesses componentes. É indicado para carros usados ou seminovos, que estão sujeitos a maiores problemas devido ao desgaste natural das peças;
  • seguro para passageiros — cobre problemas gerados aos passageiros, como danos físicos sofridos;
  • há seguros que protegem contra problemas ou eventos específicos, como enchentes.

Dependendo do seguro desejado, poderá ou não ser necessário levar o carro para uma avaliação, a fim de o prêmio ser liberado. Em alguns casos, também será preciso fazer uma análise do seu perfil. Alguns tipos ainda contam com serviços extras, que podem ser contratados em conjunto com os seguros. Por exemplo, assistência 24 horas para pequenos imprevistos.

Também verifique se o corretor e a seguradora são cadastrados na Superintendência de Seguros Privados (Susep), pois isso confere maior segurança e confiabilidade para esses agentes. Aliás, observe se ambos contam com boa reputação no mercado!

Leia todas as informações com atenção

Interessou-se por um tipo de seguro descrito? Leia atentamente todas as cláusulas e demais informações que estão nele. Isso pode parecer chato e cansativo, mas é necessário para você saber exatamente o que está assinando. Lembre-se: é o seu carro que está em jogo, então vale fazer um esforço extra para conferir atentamente o seguro. Se possível, peça uma cópia e leve para casa para ler com maior calma e atenção.

Sabe aqueles termos “difíceis” da área de seguros? Para não ficar confuso com eles, leia o contrato com a ajuda de um dicionário de termos da área. Uma pesquisa rápida no Google ajuda a encontrar algumas páginas online que explicam esses termos.

Verifique tudo que ele cobre

Após escolher o tipo de seguro para carro desejado, você precisa checar atentamente o que ele cobre e em quais condições. Pode acontecer um sinistro que julgamos que está dentro da cobertura do seguro, porém, devido a alguns detalhes que nos escapam, isso não ser verdade. Aí vem aquela dor de cabeça em tentar resolver algum problema gerado sem a ajuda da seguradora, sem falar em um eventual gasto não planejado.

Conheça o seu perfil de motorista

Dependendo do tipo de seguro desejado, será preciso fazer uma análise do seu perfil de motorista. Ela considera, por exemplo, seu estado civil, se tem filhos, sua idade etc. Isso é feito para avaliar os potenciais de riscos aos quais você pode estar exposto.

Também verifique se os dados do perfil de uso do carro estão corretos na apólice de seguro, ou seja, se estão em conformidade com o que você passou. Por exemplo, se o número de condutores é o que você informou, pois pode incluir alguns adicionais. Também cheque se o modelo do carro está certo, bem como a cidade em que você mora.

Além disso, não tente enrolar a seguradora na hora de passar as suas informações, ok? Também evite usar estratégias para pagar menos que podem ir contra as políticas dela. Quer um exemplo? Alguém bem jovem pede para alguém mais experiente contratar o seguro, pois quanto mais novo, maior tende a ser o valor do seguro. Dessa forma, o primeiro pagaria menos.

Se a seguradora descobrir alguma irregularidade ou tática do tipo, como constatar que quem utiliza o carro não é quem contratou o seguro, ela poderá não cobrir um eventual sinistro na hora em que for necessário. Ela normalmente checa as informações dadas pelo segurado para aprovar ou não a indenização do seguro quando ele é requisitado.

Verifique a franquia

Nem sempre é só o seguro mensal que precisa ser pago, pois há casos em que é necessário desembolsar um dinheiro também por conta da franquia. Isso ocorre em algumas situações de dano parcial em que o seguro é acionado.

Por exemplo, caso você envie o seu carro para um conserto coberto pelo seguro, será preciso pagar um valor de franquia para isso, que é definido previamente em contrato. Digamos que esse valor seja R$1.000,00 e os reparos do carro deram R$5.000,00. Então, você pagará os R$1.000,00 e a seguradora pagará os R$4.000,00 restantes.

A importância do seguro para carro não se limita apenas ao ressarcimento financeiro por um dano, pois, a depender do tipo contratado, você também receberá assistência. Há casos, inclusive, em que a seguradora envia um motorista para levar o segurado para casa se ele não se sentir bem para dirigir. Legal, não é?

Contratar um seguro de carro é uma decisão que ajuda a manter a sua saúde financeira. Afinal, problemas envolvendo batidas, danos ou acidentes costumam demandar um volume considerável de dinheiro. Com o seguro, por sua vez, você consegue proteger melhor o seu orçamento desse tipo de risco.

Aproveite agora para descobrir mais sobre um tipo especial de seguro que ajuda a proteger quem anda com você: o seguro de acidentes pessoais de passageiros!

Atendimento BV