7 dicas para ganhar dinheiro dirigindo para aplicativos

Quer ganhar dinheiro dirigindo para aplicativos? Confira só as dicas que preparamos para ajudar você!

Categoria: Dicas Financeiras

Categoria: Dicas Financeiras

Ganhar dinheiro dirigindo para aplicativos se tornou uma alternativa bastante vantajosa para muitas pessoas. Hoje, essa atividade deixou de ser uma fonte de renda extra e se tornou o principal trabalho para homens e mulheres de todas as idades.

Porém, por causa do crescimento do número de pessoas que passaram a dirigir para aplicativos, ganhar dinheiro com essa atividade também ficou mais difícil. No cenário atual, para obter ganhos satisfatórios nesse ramo, é preciso ser estratégico, adotando boas práticas e comportamentos que contribuam com os resultados financeiros.

Ou seja, ser motorista de aplicativo hoje em dia não se resume a buscar um passageiro e levá-lo ao seu destino. Trata-se de um verdadeiro serviço, que precisa ser oferecido com profissionalismo e qualidade.

Pensando nisso, preparamos este artigo com 7 dicas valiosas que podem ajudar você a ganhar mais dinheiro dirigindo para aplicativos. Ficou curioso? Continue a leitura!

1. Evite comer em restaurantes e fast foods

Quem dirige para aplicativos, geralmente, fica um bom tempo fora de casa e, em certos casos, até bem longe dela. Essa realidade acaba gerando a necessidade de se alimentar na rua, seja em restaurantes, seja nas tradicionais lanchonetes fast food.

Quando esse tipo de comportamento se torna um hábito, ganhar dinheiro dirigindo para aplicativos passa a ser uma tarefa ainda mais difícil. Comer fora de casa, na maior parte dos casos, pesa no bolso do trabalhador e, ao final de um mês, por exemplo, pode minar uma parcela significativa do seu faturamento.

Por essa razão, a dica é evitar os restaurantes e fast foods. Como alternativa para comer bem fora de casa, crie o hábito de sempre levar as suas refeições. Dessa maneira, você reduz os seus gastos e ainda se alimenta de forma mais saudável.

2. Trabalhe com metas

Ser motorista de aplicativo não é diferente de qualquer outro trabalho que dependa da sua produtividade. Tendo isso em mente, nada melhor do que estabelecer metas de desempenho para o trabalho, como fazem outros muitos profissionais, concorda?

Com objetivos claros e bem definidos, você sempre iniciará sua jornada de trabalho sabendo do que está em busca e fará o possível para alcançar isso. Ainda, as metas são fundamentais para se estabelecer um padrão de rendimentos, o que é o primeiro passo para ter uma estabilidade financeira.

Em geral, no caso do motorista de aplicativos, as metas podem ser estabelecidas tanto em horas de trabalho, quanto em faturamento. Assim, por exemplo, você pode fixar que, todos os dias, trabalhará 8 horas ou que permanecerá rodando até faturar R$200,00.

3. Dirija descansado

A rotina de um motorista de aplicativo pode ser exaustiva, especialmente nas grandes cidades — locais em que o trânsito costuma ser mais intenso. Por isso, uma dica simples, mas extremamente importante para quem deseja melhorar os ganhos nessa atividade é sempre priorizar o seu descanso.

Lembre-se de que dirigir é uma tarefa que exige muita atenção. No entanto, quando se está cansado, seu foco e disposição são diretamente afetados, prejudicando, principalmente, os seus reflexos. Consequentemente, os riscos de se envolver em um acidente, por exemplo, se tornam muito maiores.

Já parou para pensar como um simples descuido, gerado pelo cansaço, pode contribuir para a ocorrência de um acidente? Mesmo que seja algo simples, esse fato pode pesar no seu orçamento, pois pode ser preciso arcar com o conserto do seu carro e, possivelmente, o de terceiros.

Por isso, a dica é sempre trabalhar descansado, com as suas plenas capacidades físicas e mentais. Isso pode poupar você de muita dor de cabeça.

4. Comprometa-se a trabalhar por 10 a 12 horas diárias

Quem deseja ter um faturamento satisfatório dirigindo para aplicativos precisa ter em mente que, em muitos casos, será necessário prolongar um pouco mais a sua jornada de trabalho, mantendo-se em atividade por 10 ou 12 horas, por exemplo.

Como a remuneração é proporcional ao trabalho, a lógica é que o seu tempo de dedicação é proporcional aos seus rendimentos. Por isso, esteja comprometido com as suas metas e objetivos e, caso seja necessário, esteja pronto para se dedicar mais do que o convencional — sempre respeitando os seus limites, é claro!

5. Mantenha a limpeza e a segurança

Quem trabalha como motorista de aplicativo não pode se esquecer de que está sempre sendo avaliado, seja pelo cliente, seja pela empresa que gerencia toda a plataforma de prestação do serviço. Nesse sentido, é muito importante que você adote alguns cuidados com o seu carro e, principalmente, com os seus passageiros.

A dica, aqui, é manter a limpeza, o conforto e a segurança dos clientes. Para isso, higienize o carro com regularidade — especialmente neste momento de pandemia —, mantenha as manutenções do veículo em ordem e invista sempre no conforto do passageiro.

Todos essas ações fortalecem a sua atuação como motorista, gerando avaliações positivas e, consequentemente, uma maior oferta de corridas. Pense nisso!

6. Fuja de carros com alta custo de manutenção

Entre as despesas mais comuns do motorista de aplicativos, está a manutenção do seu carro. Em certos casos, isso pode se tornar um grande vilão no orçamento, especialmente quando se trabalha com um carro de manutenção de valor elevado.

Nesse quesito, a recomendação é bem simples e direta: fuja de carros com manutenção cara ou que apresentam defeitos com regularidade. Se estiver pensando em comprar um veículo para trabalhar como motorista de aplicativos, o carro ideal é aquele que entrega um bom custo-benefício, sendo econômico e confortável.

Em geral, carros populares apresentam custo de manutenção mais baixo, além de ser econômicos no dia a dia. Considere, também, que mesmo os veículos tidos como populares, hoje, já saem de fábrica com uma série de itens de conforto, segurança e tecnologia, servindo muito bem para se trabalhar como motorista de aplicativos.

7. Mantenha a parcela do veículo abaixo de R$1.000,00

Por último, não podemos deixar de mencionar a questão da parcela do carro. Isso, porque muitos dos motoristas de aplicativos trabalham com veículos financiados, sendo a parcela mais uma despesa a ser inserida no seu orçamento.

Então, se você pretende fazer um financiamento do veículo para começar a trabalhar, a nossa dica é: mantenha a parcela abaixo de R$1.000,00. Isso, porque, quanto mais alta for a parcela do financiamento, menor será o seu lucro. Outro ponto é que uma parcela menor é mais fácil de ser paga, especialmente em períodos de baixa demanda de clientes.

Como você pôde perceber, existem diferentes estratégias para ganhar dinheiro dirigindo para aplicativos. Ações simples podem tornar a sua rotina de trabalho mais econômica e rentável, contribuindo diretamente para o seu sucesso financeiro nessa atividade.

Gostou deste conteúdo? Siga o BV nas redes sociais e fique por dentro das nossas novidades! Estamos no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn!

Atendimento BV