8 dicas para entreter as crianças de forma barata na quarentena

Entreter as crianças em casa é possível. Quer uma notícia ainda melhor? Você não precisa pagar nada por isso! Dá para criar um roteiro de atividades com muita imaginação e a ajuda de alguns materiais que todos têm nas prateleiras.

Categoria: Dicas Financeiras

Categoria: Dicas Financeiras

Ficar em casa com crianças não é tarefa fácil. Afinal, elas ficam entediadas facilmente e, muitas vezes, querem a atenção integral dos pais. Na quarentena, o desafio é mantê-las ocupadas sem que isso interfira no trabalho remoto ou outras atividades da rotina familiar — com um agravante para quem mora em apartamento.

No entanto, a boa notícia é que existem diversas atividades para entreter as crianças em casa. O melhor de tudo? Para isso, você não precisa prejudicar o orçamento, pode economizar dinheiro com a compra de brinquedos e ainda dá lições sobre consumo consciente!

Quer saber mais? Acompanhe conosco!

1. Fazer mágica

Quase toda casa tem aquele jogo de baralho antigo, com algumas cartas faltando. Se não funcionam mais para algumas brincadeiras, pode ter certeza de que vão servir para mágica. Não precisa ser nada muito elaborado! As crianças vão se empolgar ao tentar descobrir o que acontece por trás.

Para aprender os truques, conte com a ajuda da internet. As redes sociais, como o YouTube, estão cheias de vídeos com explicações bem detalhadas e dicas bem fáceis. Para deixar o momento ainda mais impactante para a turma, improvise uma capa e uma cartola e interprete o personagem.

2. Montar teatrinhos

Os teatrinhos são ótimos para entreter as crianças em casa, pois as envolvem completamente. O importante, então, é motivá-las a participarem desde a criação ou escolha da história, passando pelo figurino utilizado e as músicas que ajudarão a compor a peça. Para os mais novos, dê falas curtas e fáceis de lembrar, para que também se empolguem.

No entanto, há a alternativa de contar com fantoches para esses teatros. Se não puder contar com eles entre os brinquedos da criançada, bonecos podem servir. Também é possível fazer desenhos em cartolinas e colá-los em palitos para montar as histórias.

3. Cozinhar juntos

A cozinha é um local normalmente proibido para as crianças, muito por causa dos perigos que ela esconde — a exemplo de facas, outros objetos cortantes e, é claro, o fogo. Ao mesmo tempo que algumas desenvolvem maior curiosidade, outras podem levar esse distanciamento para a vida adulta. Não queremos jovens totalmente dependentes dos aplicativos de comida, não é mesmo? Mas vá com calma!

Ensine algumas receitas que não vão ao fogo, como é o caso dos docinhos de leite em pó. Quando notar que as crianças estão mais envolvidas com a atividade, aumente o nível de dificuldade e apresente pratos simples, como macarronada. Vale reforçar que, enquanto estiverem cozinhando, elas nunca devem ficar desacompanhadas.

4. Caça ao tesouro

Para a criançada que gosta de brincar de esconde-esconde, a caça ao tesouro é uma opção bastante interessante e que evita correrias. Para isso, basta espalhar pistas e um prêmio pela casa enquanto elas estiverem dormindo. Após isso, defina um local que será a “largada” da brincadeira.

O prêmio não precisa ser algo elaborado ou caro — uma caixa de chocolates já vai garantir a felicidade de todos. As pistas, por sua vez, devem ser enumeradas e levar os participantes a encontrarem as seguintes, até chegarem ao tesouro.

5. Desenhar

Os desenhos são campeões de popularidade entre as crianças. Na quarentena, proponha novas formas para que elas redescubram a diversão nessa atividade. Você pode dar um lápis para cada uma, colocar uma folha em sua frente e pedir para que desenhem de olhos fechados, ao som de uma música da escolha de vocês.

Quando a música parar, elas devem trocar as folhas e cada uma tenta descobrir o que a outra tentou desenhar. Inclua a família toda nessa brincadeira que não tem idade! Para complementar a diversão, a próxima etapa pode ser pintar ou colorir as imagens formadas, dando novos significados a elas ou não.

6. Fazer colagens

Tem revistas e jornais parados em casa? Esses são materiais capazes de dar asas à imaginação das crianças. Veja estas ideias de colagens para sugerir:

  • recortar letras de diferentes cores e tamanhos para escrever mensagens. Com isso, vocês podem fazer cartões para os amigos das crianças e familiares — e entregar a eles quando a quarentena chegar ao fim;
  • selecionar imagens de que a turma mais gosta e personalizar os materiais escolares. Dessa forma, ainda consegue uma dose extra de motivação para que as crianças estudem;
  • recortar diferentes peças de roupas e desafiar os pequenos a criarem visuais e estilos para os personagens desenhados;
  • colar partes de objetos ou animais e pedir que a criançada desenhe o restante da forma que a imaginação pedir;
  • cortar pedaços de papéis em formas geométricas para que todos formem obras de arte.

Mas não é somente o papel que pode ser usado. Se tiver barbante ou fios de lã em casa, ainda pode utilizá-los tanto para complementar as colagens quanto para uma obra feita só com esses materiais. Além disso, cola e tesoura sem ponta são essenciais — mas nada que não encontramos nos estojos da turma, certo?

7. Contar histórias

Uma boa história prende a atenção de qualquer público — em especial o infantil. Para isso, você pode utilizar livros ou inventar narrativas a partir de vivências de sua família. Quando faz diferentes vozes para os personagens, pode ter certeza de que os pequenos vão se entreter ainda mais na atividade.

Aproveite a brincadeira para incluir alguns assuntos sérios na história. Um bom exemplo é falar sobre o controle de gastos por impulso, principalmente quando visitam lojas de brinquedos. Faça com que elas entendam, por meio das vozes dos personagens, a importância de cuidar bem do dinheiro e de dar valor a ele.

Se for à noite, uma boa ideia é acender a lanterna no celular e trabalhar a criatividade da criançada na criação de personagens com as sombras das mãos. Com isso, as histórias vão ficar ainda mais emocionantes. Se as crianças forem pequenas, não deixe de explicar como essa “mágica” é feita, para que não fiquem assustadas.

8. Jogar com a adivinhação

Por fim, chegamos à última dica para entreter as crianças em casa e adivinha só? Isso mesmo! Os jogos de adivinhação são excelentes para passar o tempo em família e exercitar o pensamento rápido.

Um dos mais famosos consiste em cada pessoa escolher um personagem para o outro participar e escrever esse nome em um papel. O participante deve ficar com esse bilhete colado na testa e fazer uma pergunta (tendo sim ou não como resposta) por rodada para descobrir quem é a sua personalidade. Inclusive, há aplicativos que simulam essa brincadeira e são gratuitos para download!

Viu só como é possível entreter as crianças de forma barata nessa quarentena? Assim, garante a alegria e diversão da turma, mantém a família em união e ainda aproveita melhor esses momentos que vão passar juntos dentro de casa. Só não se esqueça de escolher as atividades de acordo com a idade dos pequenos, combinado?

Se gostou deste conteúdo, não vá embora ainda! Confira como manter um bom orçamento familiar e ter equilíbrio nas finanças — seja na quarentena ou não!

Atendimento BV