Dúvidas sobre energia solar: veja as respostas para as mais comuns

Tem dúvidas sobre energia solar? Vamos esclarecer as principais delas neste artigo!

Categoria: Financiamento para Energia Solar

É muito comum ter dúvidas sobre energia solar. Afinal, ainda não é um sistema tão difundido no Brasil. O que é de conhecimento geral é que ele ajuda a diminuir bastante o valor da conta de luz. Porém, é apenas isso?

Entender melhor como a energia solar funciona e de que maneira ela estimula um consumo consciente pode transformar seu olhar sobre o assunto. Que tal aprender com a gente? Confira a seguir!

Quais são as vantagens do sistema de captação solar?

A primeira, e talvez a maior delas — do ponto de vista de consumidor —, é o fato de não depender mais da companha de energia elétrica. Isso significa deixar de arcar com as oscilações que podem levar a conta às alturas, como é o caso da bandeira vermelha. Tudo isso porque você passa a produzir a sua própria energia.

E não podemos deixar de fora outro ponto relevante: a sustentabilidade. A energia solar não causa danos ao meio ambiente, por isso é chamada de “energia limpa”. Então, além de economizar no bolso, dá para ajudar na preservação da natureza.

Se faltar luz na rua, a minha casa continuará abastecida?

Depende do tipo de instalação da sua residência. Com o uso de no-break — equipamento que gera energia de maneira contínua e é acionado em situações de emergência, como um apagão —, você continuará recebendo o abastecimento.

No entanto, se não fizer uso de nenhum tipo de bateria e tiver o seu equipamento ligado à rede, também ficará no escuro, junto à vizinhança. É importante saber como funciona a energia solar e o que fazer para aproveitá-la ao máximo.

A distribuidora pode recusar a conexão do sistema na rede?

Essa é uma das grandes dúvidas sobre energia solar. A Resolução Normativa nº 687/2015 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) determina que todo consumidor pode gerar a própria energia, a partir de qualquer fonte renovável.

Isso significa que a concessionária de energia não pode se recusar a conectar o seu sistema na rede. Mas é importante reforçar que ele deve estar dentro dos padrões estabelecidos para a instalação.

O projeto precisa ser aprovado por alguém?

A recomendação é com uma empresa ou um profissional especializado no serviço. Assim, é garantido que o seu projeto estará dentro das especificações exigidas.

Para isso, geralmente é combinada uma visita técnica ao local. Nesse momento, você fica sabendo se vai ter de fazer alguma adaptação para que o projeto de instalação seja aprovado.

Também acontece um processo chamado de homologação. Ele serve para confirmar que o sistema de energia instalado no imóvel segue todas as especificações exigidas, cumprindo as normas de segurança.

Nesse caso, a distribuidora de energia responsável pela sua região realiza uma especificação e avalia se os requisitos foram cumpridos. De um modo simples, estes são os passos da homologação:

  • solicitação de conexão do sistema à rede junto da distribuidora responsável;
  • envio do projeto para que a concessionária analise as especificações;
  • instalação da estrutura de energia solar;
  • solicitação de vistoria à concessionária;
  • recebimento do técnico responsável por criar o relatório e enviá-lo à distribuidora;
  • realização de uma nova vistoria da concessionária, a fim de autorizar a ligação;
  • troca do relógio convencional por um equipamento chamado de “medidor bidirecional de energia solar”.

O sistema de captação dura para sempre?

Não, mas o ciclo de vida é bem longo. Se os equipamentos utilizados tiverem qualidade elevada e passarem por manutenções periódicas, podem durar entre 25 e 50 anos.

Após esse prazo, a estrutura não para de funcionar, mas perde parte da eficiência. Quando isso ocorre, é o momento de pensar na troca. Considerando a economia de energia, que paga o investimento em poucos anos, o custo-benefício é bem alto.

O sistema necessita de manutenção?

Sim, mas não requer processos complexos ou mesmo a contratação de um profissional especializado. A limpeza dos painéis pode ser feita com um pano limpo e água. O indicado é realizar o processo uma ou duas vezes ao ano.

O sistema de energia solar funciona por apenas metade do dia. Além disso, como é bem simples, ele não exige grandes manutenções que envolvem a troca de peças — a não ser no caso de algum equipamento que estragou.

Se você mora em uma área que passa por longos períodos de seca, não deixe de verificar se o painel está acumulando sujeira. Note que a água da chuva pode ajudar a manter a limpeza.

Nesses casos, os cuidados devem ser um pouco maiores, porque existem resíduos que precisam de esforço para serem eliminados, como é o caso de poluição e dejetos de pássaros.

Não deixe de consultar a empresa responsável sobre a recomendação e a frequência adequada de limpeza, certo? Assim, o cuidado com o seu sistema será ainda melhor. Se observar danos em algum equipamento, entre em contato na hora com a empresa, para que ela garanta o conserto e a reposição adequada das peças.

Posso instalar um sistema fotovoltaico morando em prédio?

Se o prédio tem uma área disponível no topo com espaço o suficiente para a instalação, pode. Se você mora na cobertura, também consegue aproveitar a energia solar. Mas a melhor prática é sempre consultar o síndico. Assim, você avalia se as regras do condomínio têm alguma cláusula específica e, caso sim, o que é necessário para cumprir as regras.

O sistema de captação de energia solar pode zerar a minha conta de luz?

Não. É possível até zerar o consumo, o que já significa uma economia valiosa no orçamento. Porém, ainda haverá um vínculo com a fornecedora, já que existem as cobranças da taxa mínima e da iluminação pública.

Conseguiu tirar as dúvidas sobre energia solar? Agora, além de saber quais são as vantagens desse tipo de sistema, você está por dentro de como é o processo de instalação e o que é preciso fazer para ter o seu.

Saiba também que é possível obter o financiamento para energia solar do BV. Ele não exige desembolso do valor todo de uma vez e ainda permite usar a economia de energia para abater as prestações. Como consequência, fica fácil evitar o superendividamento e a perda do controle sobre as finanças.

Compartilhe este artigo em suas redes sociais e deixe que mais pessoas conheçam os benefícios da energia solar!

Atendimento BV