Chaves Pix: confira tudo o que você precisa saber sobre o assunto

As chaves Pix são espécies de códigos de identificação das contas bancárias. Vamos explicar tudo sobre o assunto.

Categoria: Orientação Financeira

O processo tradicional de transferência de valores você já conhece, né? Para passar dinheiro de uma conta para outra, tem que informar o CPF ou CNPJ do titular, nome completo, código do banco, agência e número da conta. Já pensou se essa transação fosse mais simples e você precisasse informar apenas um dado? É aí que entram as chaves Pix.

O Pix é o novo meio de pagamento desenvolvido pelo Banco Central (BACEN). Com a tecnologia, é possível fazer pagamentos e transferências de forma instantânea. Ou seja, ao finalizar a operação, o dinheiro chega ao destino em frações de segundos. As chaves Pix são espécies de códigos de identificação das contas que são usados para as operações.

Gostou do assunto e quer saber mais? Então, continue a leitura que vamos explicar o que é Pix, quais são seus benefícios e como cadastrar as chaves. Vamos lá?

O que é mesmo o Pix?

O Pix é um meio de pagamento instantâneo que permite transferir dinheiro entre pessoas e empresas, quitar contas — como água, energia e telefone —, boletos, recolher impostos e até pagar compras feitas em lojas físicas.

A tecnologia foi desenvolvida pelo BACEN para aumentar a velocidade de pagamentos, incentivar a modernização do varejo e melhorar a experiência do cliente. O recurso já está disponível desde novembro de 2020 para quem tem conta-corrente, conta-poupança e conta de pagamento. Isso vale tanto para consumidores de bancos tradicionais quanto de bancos digitais.

De lá para cá, o uso do Pix cresceu tanto que já ultrapassou o volume de transações via TED e DOC somadas. A informação é do próprio Banco Central. De acordo com a publicação intitulada como “Pix: o novo meio de pagamento brasileiro”, em março de 2021, a quantidade de transações por Pix ultrapassou o número de pagamentos no boleto.

Quais são seus benefícios?

A primeira vantagem incontestável é a velocidade das operações. O meio de pagamento é instantâneo, ou seja, pagou ou transferiu e o dinheiro cai na conta de destino em segundos. Além disso, o sistema está disponível 24 horas por dia, 7 dias na semana.

Outra conveniência interessante é o custo. O Pix é gratuito para pessoas físicas e as tarifas para empresas são bem camaradas. Aliás, escolher métodos de pagamento baratos é uma das dicas financeiras para ficar no azul, viu? Olha só mais alguns benefícios do Pix:

-transferências facilitadas: você precisa apenas de um dado para finalizar a operação — a chave Pix;

-praticidade: as transações são feitas pelo aplicativo do banco no celular;

-quitação de impostos de forma simplificada: guias de IPTU, DARF, DAS e GRUs agora vêm com QR Code para pagamento via Pix.

Afinal, o que são as chaves Pix?

São espécies de códigos de identificação das contas bancárias. Na hora de enviar ou receber uma transferência, por exemplo, você não precisa informar o nome completo do titular, CPF ou CNPJ, código do banco, agência e número da conta. Basta inserir a chave Pix. É como se fosse um atalho para simplificar as transações, entende?

Cada pessoa física pode cadastrar até cinco chaves Pix por conta. O limite por CNPJ é diferente: 20 chaves. No entanto, elas não podem se repetir. Se você cadastrar o telefone em um banco, por exemplo, não poderá usar a mesma chave em outra conta.

E tem uma razão para isso: a chave é algo semelhante ao endereço. Imagine se o mesmo código fosse usado para contas diferentes, para qual lugar o sistema mandaria o dinheiro? Seria uma bagunça, né?

Esclarecimentos feitos, agora vamos explicar quais informações podem ser usadas como chaves Pix. Dá uma olhada!

CPF ou CNPJ

Essa é uma das chaves consideradas mais seguras. Isso porque ninguém pode registrar seu documento por engano — ou malícia. O CPF usado como chave precisa ser o mesmo do titular da conta. Mais: se a sua conta é de pessoa física, por exemplo, não pode registrar o CNPJ, nem vice-versa.

Apesar de toda essa segurança, a recomendação é usar essa chave apenas para transações entre conhecidos. Afinal de contas, o CPF é um dado pessoal importante e não deve cair nas mãos de pessoas mal intencionadas.

E-mail

É possível utilizar o endereço eletrônico que já usa no dia a dia ou criar uma conta nova só para isso. O importante é que o e-mail não seja muito complicado, para não dificultar o trabalho de quem vai transferir. Se digitar o endereço errado e ele existir, o dinheiro vai para a conta de outra pessoa.

Número do celular

Aqui você registra o seu número de celular e, na hora de receber pagamentos e transferências, basta informar o telefone. Essa chave é ideal para compartilhar com amigos, sabe?

Como, geralmente, eles já têm o seu contato salvo no celular, é só usar o dado para fazer a operação. E não se preocupe se trocar de número, viu? É possível cancelar o cadastro no app do banco facilmente e registrar o novo telefone no lugar.

Chave aleatória

Nesse caso, um código aleatório é gerado automaticamente com 32 caracteres formados por letras, números e símbolos. Mas já vamos avisando que não é nada fácil decorar, viu? É melhor copiar o número lá no app do banco e colar para não ter erro.

Mesmo assim, essa é uma chave bem legal porque você não precisa compartilhar dados pessoais com terceiros. Se quiser, pode até apagar a chave e gerar uma nova todas as vezes que passar para outras pessoas.

Como cadastrar a sua chave Pix?

Em primeiro lugar, vale lembrar que registrar chaves Pix não é um processo obrigatório. Você pode enviar e receber transferências desse tipo com os mesmos dados que usa para fazer TED e DOC. O dinheiro também chega ao destino.

As chaves só simplificam esse processo e aumentam a segurança de dados, uma vez que você não precisa passar informações pessoais para desconhecidos. Além disso, é você quem escolhe qual chave quer registrar em cada banco; e pode fazer a portabilidade quando quiser.

O processo de registro é bem simples e intuitivo. Tudo é feito pelo aplicativo da instituição financeira em que você tem conta. É só procurar pelo ícone do Pix no menu, e por lá você pode cadastrar e cancelar suas chaves. Se você tem conta em mais de uma instituição, precisa fazer esse processo em cada uma delas, combinado?

Mas vai aí um alerta importante: cuidado com os golpes financeiros que usam o cadastro de chaves Pix como isca. Geralmente, são mensagens maliciosas de desconhecidos que se passam por funcionários do banco para roubar seus dados.

Sendo assim, nunca clique em links suspeitos, nem forneça suas informações por telefone, e-mail, WhatsApp ou SMS. Todo o processo de cadastro e cancelamento de chaves Pix é feito pelo aplicativo.

As chaves Pix são espécies de código de identificação das contas bancárias. Ao usar essa ferramenta, é possível fazer e receber pagamentos sem precisar informar aquele monte de dados pessoais. A operação é gratuita para pessoas físicas. E o melhor de tudo: o dinheiro cai na conta na hora.

Gostou do que leu? Então, aproveite para conhecer as nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter, no YouTube, no LinkedIn e no Spotify.

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.