Como aumentar a produtividade dos colaboradores? Confira nossas 11 dicas

Aumentar a produtividade dos colaboradores demanda habilidades analíticas e pessoais. Neste post, conheça 11 dicas que vão ajudar.

Categoria: Crédito Consignado Privado

O RH tem um papel crucial para aumentar a produtividade dos colaboradores. Recentemente, e por conta da evolução da tecnologia, houve uma mudança de foco no setor, automatizando e agilizando os processos burocráticos para ter um foco maior nas pessoas.

Com isso, há a possibilidade de direcionar o trabalho para melhorar o desempenho da equipe, criando um efeito bola de neve. O benefício mais óbvio é mais qualidade nos produtos e serviços, com mais satisfação por parte do cliente. Além disso, também aumenta o feedback positivo dentro da própria organização e ajuda na retenção de talentos.

Então, se o seu objetivo é melhorar o rendimento dos funcionários, continue lendo este post e conheça 11 dicas para aumentar a produtividade!

1. Organize a rotina e os processos da empresa

Uma rotina organizada já é um grande avanço para quem quer mais produtividade. Isso significa ter processos bem claros, de modo que sejam eliminados ou diminuídos erros, desperdícios, falhas, problemas na comunicação e tarefas que não são valiosas.

Se o colaborador tem um mapa de todos os processos que precisa fazer, ele foca com mais facilidade a tarefa, ganhando muita agilidade. Uma forma simples de organizar cada processo ou tarefa é por meio da metodologia 5W2H, em que são respondidas 7 perguntas:

-what - o que;

-where - onde;

-who - por quem;

-when - quando;

-why - por que;

-how - como;

-how much - quanto custa.

Um detalhe é que o "quanto custa" considera o tempo que leva até que um processo seja entregue, não apenas os valores necessários para executá-lo.

2. Invista em comunicação interna

Complementando a rotina e os processos, a comunicação é outro ponto de destaque para aumentar a produtividade. É importante pensar em canais oficiais para que a comunicação não fique perdida por canais "oficiosos".

Além disso, a linguagem precisa ser clara e o conteúdo, bem construído a fim de que a mensagem seja facilmente compreendida. Um dos maiores problemas na produtividade é quando um assume que o outro entendeu.

Por outro lado, é importante que a comunicação se dê em ambos os sentidos. Ou seja, abrir o feedback para os colaboradores conversarem sobre a empresa e aquilo que os incomoda. Uma pesquisa de clima organizacional é uma ótima forma de começar.

3. Planeje treinamentos com foco no perfil individual

Treinamentos são uma ótima forma de potencializar a produtividade, mas precisam ser feitos de maneira inteligente. Cada pessoa tem habilidades e dificuldades únicas, o que significa que os treinamentos precisam ter foco individual para ressaltá-las ou corrigi-las. Isso também ajuda muito na employee experience, já que o colaborador tem a impressão de que está sempre crescendo.

4. Defina metas individuais e coletivas

As metas ajudam a ter uma equipe mais coesa, já que todos caminham rumo a um objetivo em comum. Por isso, é necessário que todas façam parte de uma grande teia de aranha. Ou seja, os objetivos coletivos e os individuais devem sempre estar interligados e relacionadas diretamente à estratégia do negócio.

Esse é um dos maiores fatores de motivação no trabalho não somente porque o colaborador sabe onde precisa chegar, mas porque entende como seu esforço é importante para o todo.

5. Forneça recursos e soluções

É claro que você deve fornecer todas as soluções e recursos de que o colaborador precisa para ter sucesso. A automação, por exemplo, ajuda a eliminar certas tarefas, enquanto até mesmo a ergonomia afeta seu bem estar, o que leva a um aumento na produtividade.

6. Cuide do ambiente de trabalho

Além dos processos e tarefas, também é importante cuidar do ambiente de trabalho. Por exemplo, ninguém gosta de trabalhar em um lugar sujo, mal organizado e que seja muito frio ou quente. Portanto, garanta o conforto dos colaboradores, pois o impacto na produtividade é positivo.

Também é importante deixar claro que essa obrigação continua mesmo no home office. A empresa pode oferecer, por exemplo, uma consultoria de ergonomia e organização em casa. Tudo isso ajuda a manter a saúde mental no trabalho.

7. Reconheça colaboradores

O reconhecimento é um grande fator de motivação que atua em duas frentes. Em primeiro lugar, todo colaborador quer ser recompensado pelos seus esforços. É uma estratégia que tem uma boa sinergia com as metas que vimos acima. Afinal, sempre que uma pessoa cumpri-las, pode ser recompensada. Além disso, também é uma ferramenta de motivação para outros colaboradores.

8. Diminua tarefas dispensáveis

Ao organizar os processos, você diminui ou elimina qualquer tarefa que não seja necessária. Assim, garante que o tempo é gasto apenas no que é mais produtivo. Por exemplo, um dos lemas atuais é aquela reunião poderia ser um e-mail.

Isso não significa que você não deva fazer reuniões. Elas são muito importantes para definir prioridades e processos, mas em alguns casos consumem muito mais tempo do que o necessário. Caso precise fazê-las, garanta que elas tenham uma limitação muito clara, que todos têm uma pauta do que será abordado e trabalhe para segui-la.

9. Incentive pausas

Pequenas pausas ao longo do dia são importantes para o colaborador se manter produtivo. Enquanto intervalos maiores quebram a concentração, as menores ajudam a manter a cabeça mais fresca. Conscientizar o colaborador de levantar a cada hora é um bom exemplo.

10. Elimine distrações

Existem inúmeras distrações que prejudicam a produtividade do trabalhador, como as redes sociais. Na prática, esse é um processo delicado. Seus colaboradores são adultos e ninguém gosta de outra pessoa dizendo o que pode ou não ser feito. Por isso, é mais importante conscientizar do que proibir e ficar cobrando quem gasta muito tempo navegando na internet.

11. Conheça cada colaborador

Os problemas na produtividade do colaborador ocorrem por inúmeros motivos. Afinal, fora do trabalho, cada pessoa tem sua vida e sua rotina, algo que você não pode controlar. Porém, isso não significa que você não deva ajudar. Podem existir problemas pessoais, questões de saúde ou até mesmo dificuldade na rotina para quem tem filhos, por exemplo.

Ter um ambiente de trabalho mais flexível, que permite acomodar diferentes estilos de vida, é essencial para aumentar a produtividade da equipe como um todo. Afinal, cada um é mais produtivo à sua maneira.

Aumentar a produtividade do colaborador é uma tarefa complexa que pode ser otimizada em diversos níveis. É preciso ter um olhar mais analítico para trazer processos mais eficientes. Além disso, é importante o toque pessoal a fim de para pensar em soluções que sejam importantes para cada colaborador. Como um parceiro BV, você tem tudo de que precisa para facilitar a vida de seus colaboradores.

Já tentou algumas dessas dicas? Tem alguma outra sugestão de como aumentar a produtividade? Deixe seu comentário abaixo!

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.