É possível usar um sistema fotovoltaico só para mais de um imóvel?

Entenda se existe a possibilidade de utilizar um único sistema fotovoltaico a fim de distribuir energia para mais de um imóvel.

Categoria: Financiamento para Energia Solar

Antes de investir em um sistema fotovoltaico, muita gente deseja saber o que é feito com o excedente gerado e não consumido durante o mês. Essa alternativa energética é uma das mais promissoras da atualidade e vem conquistando cada vez mais espaço graças ao preço mais acessível e aos rendimentos de longo prazo. Sem falar no aspecto sustentável por ser uma energia renovável.

Entenda um pouco mais sobre o sistema fotovoltaico e descubra se é possível usá-lo em mais de um imóvel.

O que é o sistema fotovoltaico?

É um recurso energético que converte a radiação solar em eletricidade. Esse processo é realizado por células fotovoltaicas, que são compostas por materiais semicondutores à base de silício. Quando a luz do sol bate nelas, os elétrons dos condutores se movimentam, transportando a energia até ser captada por um campo elétrico.

O sistema fotovoltaico é formado por módulos, painéis e equipamentos elétricos e não necessita de um local com alta radiação para funcionar. Porém, o volume energético produzido depende do clima, ou seja, quanto menos nublado estiver, maior a geração de eletricidade.

Como funciona?

Veja o passo a passo sobre o funcionamento dessa ferramenta.

Painéis solares

As células fotovoltaicas presentes nos painéis solares produzem corrente elétrica direta (CD), que não pode suprir a demanda energética do seu imóvel dessa forma. É aqui que os outros equipamentos surgem para sanar esse problema.

Inversores

Alguns tipos de sistemas têm um único inversor para o conjunto todo e outros têm microinversores acoplados em cada painel. O que você precisa saber é que o inversor converte a corrente direta (CA) gerada em energia elétrica de corrente alternada (CA).

Consumo

Depois, a eletricidade passa pelo medidor para ser consumida pelo imóvel normalmente, ou seja, seus aparelhos domésticos podem ser ligados com segurança. Além disso, se os painéis não produzirem energia suficiente para cobrir toda a demanda, não é preciso se preocupar. Sua casa fica conectada à empresa de energia convencional por meio da grade, então você pode usá-la quando for necessário.

É possível usar um sistema só para mais de um imóvel?

Será que é possível utilizar a energia excedente ou ela é perdida? O uso da eletricidade solar em comércios, residências e indústrias é regulamentado pela Resolução Normativa 482/12 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O órgão prescreve a microgeração (inferior ou igual a 75 kW) e a minigeração (superior a 75 kW e inferior a 3 MW) energética somente para autoconsumo. Dessa forma, os usuários que geram energia a mais podem fazer uma troca com a rede elétrica convencional. Ou seja, é possível destinar o excedente para a distribuidora e receber créditos de energia depois.

Nesse sentido, cabe ao usuário decidir sobre o uso dos créditos. Existem duas possibilidades:

-em outra propriedade dentro da mesma área de concessão e que esteja vinculada ao mesmo CPF ou CNPJ do imóvel responsável pela produção energética;

-nas faturas, em um prazo máximo de cinco anos, a partir da data em que o excedente foi gerado.

Vale a pena ter um sistema fotovoltaico?

Sim, vale muito a pena! Conheça os benefícios de investir em energia solar.

Facilidade de instalação

O sistema fotovoltaico apresenta uma instalação simples e rápida. Ao contratar uma empresa com mão de obra qualificada e especializada, é possível instalar todo o sistema em até 3 dias.

Em geral, as placas solares e os inversores são acoplados em locais e estruturas que já existem no imóvel, como alvenaria e madeiramento. Se houver necessidade, algumas adaptações são feitas, como a fixação de distribuidores de energia e dutos para a passagem e proteção do cabeamento e dos fios elétricos.

Pouca manutenção

Os painéis fotovoltaicos são altamente resistentes a intempéries, como chuvas, granizo, ventos e temperaturas extremas. É por isso que eles exigem pouca manutenção. É necessário limpá-los a cada seis meses com água, mas a própria chuva os mantêm limpos por mais tempo. Além disso, é necessário verificar o sistema elétrico por completo para garantir o desempenho energético.

Valorização do imóvel

Se ainda existem dúvidas sobre esse investimento, ela será sanada em breve. Um imóvel que tem um sistema fotovoltaico é valorizado no mercado, pois chama atenção de compradores ou inquilinos. Afinal, as pessoas desejam morar em uma residência sustentável para se beneficiarem desse tipo de economia. É uma demanda que cresce cada vez mais entre a população brasileira.

Sustentabilidade

Diferente de gerar energia elétrica por meio de combustíveis fósseis, como carvão, gás natural e petróleo, que liberam resíduos nocivos na natureza, a geração de energia solar é limpa, gratuita e inesgotável. Ou seja, o sistema fotovoltaico garante a sustentabilidade empresarial ou residencial, a depender do tipo de investidor (Pessoa Jurídica ou Pessoa Física).

Como escolher o melhor sistema fotovoltaico?

Confira as informações a seguir antes de comprar o seu sistema fotovoltaico.

Inversores

Procure por:

-garantia de 5 anos;

-eficiência acima de 95%;

-suporte técnico nacional.

Painel solar (células fotovoltaicas)

Priorize por:

-baixo coeficiente de temperatura a fim de garantir alto desempenho energético em dias quentes;

-certificações Inmetro e IEC 61215 (requisito mundial que abrange desempenho, durabilidade e segurança).

-eficiência acima de 15%;

-garantia de 25 anos.

Estrutura de fixação

Questione os seguintes pontos:

-que tipo de estrutura será usada para fixar os painéis;

-quem é a marca fabricante;

-a garantia é de 5 anos ou mais.

Cabos e conectores

Veja se:

-a empresa usa cabos e conectores exclusivos para a instalação do sistema fotovoltaico — eles devem ter vida útil igual ou equivalente aos painéis e inversores;

-as fiações são específicas para corrente contínua;

-a marca é confiável e a garantia é satisfatória.

Sobre a empresa que está vendendo

Consulte:

-clientes antigos sobre a qualidade do suporte em situações de atendimento e manutenções de rotina;

-se a equipe que fará o serviço é qualificada para que a instalação seja feita com eficiência e segurança;

-a reputação da empresa no mercado.

Como visto, é perfeitamente possível usar um sistema fotovoltaico para mais de um imóvel, mas em forma de crédito junto à concessionária de energia, desde que as propriedades estejam vinculadas ao mesmo CPF ou CNPJ. Esse processo tem nome: geração distribuída.

Quer acompanhar nossas dicas e novidades? Então siga as nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter, no LinkedIn, no YouTube e no Spotify!

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.