Como funciona a instalação do gerador de energia solar?

Um gerador de energia solar vai proporcionar economia e mais garantia de fornecimento a sua casa ou empresa. Saiba como instalar!

Categoria: Financiamento para Energia Solar

Você já ouviu falar sobre o quanto um gerador de energia solar — ou sistema solar fotovoltaico, como é mais conhecido — ajuda a poupar dinheiro nos gastos com consumo? Há cálculos que mostram uma economia de até 95% na sua conta de luz, o que representa bastante em seu orçamento mensal.

Esse conjunto de equipamentos usa a luz do sol para captar energia e transformá-la em eletricidade. Há opções em que você conecta a sua rede particular à do município e outras em que utiliza uma bateria.

Neste post, vamos explicar melhor o funcionamento do gerador de energia solar, quanto custa em média a sua implantação e como é feita a instalação na residência ou na empresa. Vamos lá?

Como funciona um gerador de energia solar?

A primeira coisa a entender é que, nesse caso, o equipamento não vai gerar energia solar, mas captar a luz do sol para transformá-la em energia elétrica ou térmica. Essa tecnologia é usada para gerar eletricidade (fotovoltaica) ou calor (térmica).

Na térmica, os raios solares serão usados para aquecimento de fluidos, como água de chuveiros, da piscina, das torneiras etc. Nesse caso, os equipamentos coletores aproveitam o calor dos raios do sol.

Já a fotovoltaica é aquela em que vemos as famosas placas (ou módulos) nos telhados ou terrenos. São elas as responsáveis por captar a luz solar e, depois, fazer a conversão para eletricidade, da mesma forma como a energia tradicional que usamos nas residências e empresas. A diferença está na fonte, que é renovável, limpa e abundante.

Tipos de geradores de energia solar

Se você ainda tem dúvidas sobre energia solar, saiba que existem sistemas de captação on-grid e off-grid, conforme você entenderá a seguir.

On-grid

Nesse sistema, sua residência ou empresa continuará conectada à rede de energia da distribuidora do seu município ou estado. O trabalho, portanto, é feito em conjunto, o que garante que você não terá problema de queda de energia.

Nos equipamentos on-grid, as placas instaladas vão captar os raios solares e convertê-los em eletricidade. Você terá, então, uma corrente contínua, que será transferida para um inversor interativo.

Após isso, ela será modificada para uma corrente alternada, que será enviada ao quadro de força da sua empresa ou residência, sendo integrada pelo inversor e, se houver excedente na geração, será injetada na rede da concessionária. O contrário também acontece, ou seja, se houver falta de energia no seu sistema, vai receber da distribuidora para compensar.

Off-grid

Esse sistema é isolado da rede da distribuidora local, ou seja, é independente. Então, o gerador utilizará baterias para receber a energia captada. As placas solares, desse modo, captam os raios, convertem em eletricidade e carregam as baterias para dar conta do consumo em sua residência ou empresa.

Como são as baterias que armazenam a energia, é preciso dimensionar com precisão o seu uso. Assim, você saberá a quantidade necessária na hora de desenvolver o projeto do seu gerador de energia solar. Dessa forma, evita que falte ou sobre equipamento.

Como é feita a instalação do gerador de energia solar?

Até aqui, foi possível entender como o sistema solar fotovoltaico funciona, certo? Para fazer sua instalação e começar a aproveitar a economia que ele proporciona, siga o passo a passo que apresentaremos e organize as finanças para que tudo dê certo.

Comece avaliando sua conta de energia

Seu projeto para ter um gerador de energia solar deve começar com planejamento. Para isso, será preciso analisar a sua conta de energia ao longo dos meses e entender qual o seu consumo médio de kWh. Com base nessa informação, você terá ideia de quanto precisará gerar, ou seja, qual será a capacidade do seu sistema fotovoltaico.

Faça uma simulação de quanto vai custar a instalação do gerador

Para isso, você precisará dos dados que coletou no passo anterior. Use o simulador on-line para esse cálculo, o que vai tornar o processo ainda mais simples. É o momento em que você poderá, junto a uma empresa especializada, prever quantas placas deverão ser instaladas, quanto vai gerar ao longo de um ano e até a área (por metro quadrado) que será utilizada para instalar o gerador de energia solar.

Peça o projeto e o orçamento final

Com todas as informações na mão, é chegada a etapa de elaboração do projeto propriamente dito. Procure empresas confiáveis e compare os preços e os benefícios que elas oferecem, optando por aquela que atenda melhor às suas expectativas.

Instale o sistema fotovoltaico

Pronto. Com o projeto, você fará a instalação do seu gerador de energia solar e vai aproveitar a economia em sua conta de luz. Para isso, a empresa escolhida fará uma visita técnica ao local onde será feita a implantação, mandará o projeto aprovado para a distribuidora — que precisa autorizar a instalação —, instalará o sistema e procederá com a homologação dele.

Quais são os custos envolvidos nessa instalação?

Já começou a perceber que produzir a própria energia é uma ideia viável, econômica e vantajosa para sua residência ou empresa? É hora, então, de avaliar os custos totais da instalação do seu gerador de energia solar.

Cada projeto tem características próprias, como tamanho, quantidade de placas e de baterias (se for independente) e consumo no local onde será implantado. Sendo assim, os custos dependerão dessas informações.

Residências com equipamentos "básicos" (geladeira, ar-condicionado e máquina de lavar) têm projetos com valores entre R$ 11 mil e R$ 40 mil para consumos entre 250 kHh e 1.100 kWh, se levarmos em conta os cálculos feitos pela empresa Greener em 2020.

Os valores iniciais parecem altos, mas você contará com a queda dos valores da conta de luz nos próximos meses. Além disso, utilizará uma fonte de energia sustentável, renovável e limpa, e o retorno do investimento em energia solar vale a pena.

Além disso, há o Financiamento para Energia Solar BV, que cobre até 100% do projeto. Você tem até 90 dias para pagar a primeira parcela, os prazos são bem flexíveis e não é preciso dar uma entrada. O BV financia todos os custos, desde os equipamentos do gerador de energia solar até a instalação.

Gostou da ideia? Faça uma simulação agora mesmo e leve adiante o seu projeto!

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.