Carro próprio: vale a pena investir?

Muitas pessoas têm dúvida se vale a pena investir em carro próprio. Veja alguns pontos que devem ser considerados nessa decisão tão importante.

Categoria: Financiamento de Veículos

Com a mudança de comportamento nas cidades, o crescimento de transporte por aplicativo e custos envolvidos na manutenção, muitos se perguntam se ainda vale a pena investir em um carro próprio. A resposta é sim!

Ter um veículo para chamar de seu pode ser importante em muitos momentos, oferecendo flexibilidade e conforto no dia a dia. No entanto, é essencial considerar alguns aspectos para investir corretamente nesse bem.

Neste post, nós vamos mostrar quais são as melhores maneiras de comprar um carro, como escolher o modelo ideal e a importância de preservar o veículo no seu uso rotineiro. Confira!

Quais as melhores formas de comprar carro próprio

Um dos passos mais importantes na decisão de comprar um carro próprio é escolher a melhor maneira para fazer esse investimento. Uma das formas é pesquisar o valor total do bem que você quer comprar, guardar mensalmente um valor X para fazer a aquisição dele à vista e, de preferência, negociar um bom desconto.

Tal opção, no entanto, nem sempre é a melhor, principalmente para quem tem pressa de ter o carro próprio na garagem, seja por necessidade ou comodidade. Nesse caso, outra alternativa a ser considerada é o financiamento de veículo.

Entre as vantagens dessa escolha é que você já terá o tão sonhado carro em mãos com rapidez. Além disso, saberá exatamente quanto vai pagar por mês, o que ajuda muito no planejamento financeiro.

Poder receber com agilidade o carro em mãos, aliás, é um ponto a ser observado para quem tem dúvida sobre consórcio ou financiamento. Financiar pode ser a melhor alternativa para conseguir acesso rápido ao carro próprio.

Como escolher o carro ideal para você

Outra etapa importante para acertar na compra do carro próprio é saber como escolher o modelo ideal para você. Para isso, avalie, antes de tudo, o seu estilo de vida. Reflita sobre o uso que pretende dar ao carro. Afinal, faz toda a diferença entender se só quer usar o seu veículo no final de semana ou se a ideia é sair com ele todos os dias.

O tamanho da sua família é outra informação essencial. Quem pretende transportar várias pessoas pode se beneficiar de modelos com um bom espaço interno, um porta-malas maior etc.

É crucial ainda pensar no custo-benefício. Você pode refletir, por exemplo, se vale mais a pena comprar um carro novo ou usado. Além disso, analise o que considera indispensável no automóvel, como ar-condicionado, quantidade de portas, revestimento dos bancos e consumo de combustível. Dessa forma, você conseguirá comprar o carro ideal para você que atenda às suas necessidades.

Qual a importância de preservar o veículo e como fazer

Quando o assunto é carro próprio, você deve saber também sobre a importância de preservar o seu bem e manter a conservação dele sempre em dia. Afinal, quanto mais tempo o seu veículo durar, melhor! E, claro, em bom estado de funcionamento. Pensando, inclusive, em uma possível revenda no futuro.

Nesse sentido, vale a pena buscar formas para cuidar bem do seu veículo. Entre as dicas que devem ficar no seu radar estão:

  • faça a manutenção periódica do carro;
  • conserve o seu veículo sempre limpo e bem-cuidado;
  • leve à oficina caso identifique qualquer problema, mesmo que seja um barulho estranho;
  • invista em um combustível de qualidade;
  • frequente oficinas mecânicas de confiança;
  • faça um bom uso do seu carro, evitando práticas como andar com o combustível na reserva, forçar o motor, não checar o óleo etc.

Quando vale optar por outro tipo de transporte

Ter um carro próprio traz muitas vantagens. Mas isso não impede de avaliar quando vale mais a pena optar por outro tipo de transporte. Uma pessoa que mora perto do metrô, por exemplo, deve considerar se é mais positivo ir ao trabalho usando esse meio de transporte em vez de tirar o carro da garagem todos os dias.

Por outro lado, alguém que trabalha em um local mais distante pode considerar que é melhor usar o carro todos os dias, contando o que gastaria com deslocamento por transporte público ou com aplicativo.

Para saber o que é mais interessante para você, coloque no papel os gastos que terá, considerando aspectos como combustível, pedágios, estacionamento, entre outros. E, claro, pense ainda no conforto durante o deslocamento e variáveis como possíveis caronas para dividir o gasto com gasolina e afins.

Por que se proteger contra emergências

Outro ponto que deve ser avaliado por quem pensa em investir em um carro próprio é a necessidade de se proteger contra emergências. Ter um bem para chamar de seu é, também, uma forma de montar um patrimônio. Nesse sentido, uma etapa que você deve considerar é manter o seu carro seguro.

Invista em um seguro para proteger seu bem e garanta que a manutenção do veículo esteja sempre em dia. Essa é uma forma de aproveitar ao máximo seu automóvel e poder contar com ele em todos os momentos, principalmente em situações emergenciais.

Adquirir um carro próprio traz uma série de benefícios para o dia a dia. Entre eles, mais conforto no deslocamento, segurança extra para andar nas ruas e economia de tempo.

No entanto, para quem quer acertar na hora de investir no seu veículo, é preciso ir além das vantagens individuais. É muito importante, também, buscar por intermediadoras que prezam o cuidado com o meio ambiente.

Sabia que, ao financiar um carro com a gente, do banco BV, você automaticamente ajuda o planeta? Isso porque temos um compromisso com a redução da emissão de CO².

Na prática, isso significa que desde 2021 todos os carros financiados pelo BV têm emissão de carbono compensada. Ou seja, todo CO² liberado pelos veículos é anulado com ações que retiram o gás da atmosfera ou que impedem a geração de mais dióxido de carbono, por exemplo. Legal, não é?

Está pensando em financiamento para comprar o seu carro próprio? Então faça agora mesmo uma simulação.

Através do nosso blog você tem acesso às informações atualizadas e relevantes do mercado financeiro. No entanto, as informações aqui apresentadas têm como única intenção o caráter informativo, estando baseadas em dados de conhecimento público, não significando, portanto, quaisquer compromissos por parte do Banco BV e não constituem uma obrigação ou um dever para o leitor. O conteúdo disponibilizado é elaborado por terceiros e publicado pelo Banco BV. O Banco BV e suas empresas coligadas se eximem de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material e de seu conteúdo. Dúvidas, sugestões e reclamações, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo telefone 0800 728 0083 ou pelo e-mail sac@bv.com.br. Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661. Se desejar entrar em contato com a Ouvidoria, ligue para 0800 707 0083 (Deficientes Auditivos e de Fala: 0800 701 8661)

Atendimento BV

Este site usa cookies e outras tecnologias semelhantes de acordo com os nossos Termos de Uso e Política de Privacidade, o que pode acarretar no tratamento de dados pessoais. Ao continuar navegando, você declara estar ciente dessas condições.